UAI

2

Keno inicia transição física e evolui em recuperação no treino do Atlético

Dos três nomes que tiveram lesões musculares recentemente no Galo, atacante é o que está mais próximo de retorno; ele deve ser reserva contra o Palmeiras

31/05/2022 18:00
compartilhe
Keno trabalhou com bola no treino do Atlético nesta terça-feira (31), na Cidade do Galo
foto: Pedro Souza/Atlético

Keno trabalhou com bola no treino do Atlético nesta terça-feira (31), na Cidade do Galo


O atacante Keno iniciou o processo de transição física no treino do Atlético, na tarde desta terça-feira (31), na Cidade do Galo. Ele está em fase final de recuperação de uma lesão muscular na coxa direita e trabalhou com bola em um dos gramados do CT alvinegro.
 
 

Nesta terça-feira, o Atlético retomou os trabalhos na Cidade do Galo. As atividades preparam a equipe para o confronto contra o Palmeiras, às 16h do domingo, pela 9ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. A partida será realizada no Allianz Parque, em São Paulo.

No embate que valerá a liderança do Brasileirão, de toda forma, o Atlético não terá Keno como titular. O atacante, assim como os companheiros Eduardo Vargas e Matías Zaracho (também em reta final de recuperação), deve ser opção no banco de reservas em São Paulo.
 

Torcedores do Emelec mostram confiança para duelo com o Atlético

 

Após a vitória por 2 a 1 sobre o Avaí, no último domingo (29), o técnico "El Turco" Mohamed destacou que o meio-campista argentino está nas mesmas condições de Keno e Vargas.

"(Zaracho) está na mesma situação de Keno e Vargas. Esperamos esta semana que os três comecem a fazer trabalho de campo, mas é difícil que possam jogar contra o Palmeiras. Ainda vai faltar para eles ritmo futebolístico, mas temos que esperar. Não creio que nenhum esteja no ritmo à altura deste jogo, que é de muita intensidade. Podem jogar alguns minutos. Tomara que possam estar e possam nos ajudar", revelou.
 
 

Na lateral esquerda, a tendência é que o jovem Rubens, de 20 anos, siga como o substituto do titular Guilherme Arana, cedido à Seleção Brasileira. Dodô, o primeiro reserva, ainda busca a melhor forma física após cirurgia no joelho. "Ainda faltam várias semanas de adaptação para ele, não está pronto para jogar", explicou Turco.

Compartilhe