UAI

2

Ex-Atlético revela tática de Tardelli para 'driblar' assédio de torcedores

Jogador do Galo de 2013 a 2015, Lucas Cândido disse que o atacante Diego Tardelli 'fingia' lesões, de brincadeira, para não dar autógrafos

01/06/2022 06:00 / atualizado em 01/06/2022 09:00
compartilhe
Tardelli é um dos maiores ídolos da história do Atlético
foto: Pedro Souza/Atlético

Tardelli é um dos maiores ídolos da história do Atlético


Ex-jogador do Atlético, Lucas Cândido revelou uma tática curiosa de Diego Tardelli para 'driblar' o assédio dos torcedores após os treinamentos. Em participação no quadro Por Onde Anda?, do Superesportes, o meio-campista disse que o ex-companheiro fingia lesões para não dar autógrafos.

25 momentos marcantes de Tardelli pelo Atlético



Mas tudo não passava de uma brincadeira. Segundo Lucas, o atacante era carregado por Ronaldinho Gaúcho e Jô para o vestiário, como se estivesse lesionado, e depois retornava para atender aos atleticanos.
 
"O que eu mais gostava era, depois do treino, eles ficavam conversando no campo. Nessa época, o Atlético tinha muitos sócio-torcedores que podiam assistir ao treino. O Tardelli fingia que estava machucado, e o Jô e o Ronaldinho pegavam ele para ir ao vestiário, para não dar autógrafo", revelou Lucas.
 
O jogador ressaltou que tudo era apenas uma diversão para os atletas. Ele também elogiou o grupo que conquistou a Copa Libertadores, em 2013, e a Copa do Brasil, em 2014. 
 
"Mas era brincadeira, porque tinha muita gente. Mas depois eles voltavam e davam autógrafos. Foi um momento que me marcou. Era um grupo muito bom de trabalhar. Foi um dos melhores que já trabalhei, e que tinha muita gente famosa, mas mesmo assim era um grupo bom, o que hoje é difícil, porque tem muito ego", afirmou.

 

Passagens no Atlético

 
Lucas Cândido está livre no mercado após defender o Al Dhafra, dos Emirados Árabes. Ele vestiu a camisa do Atlético entre 2013 a 2018, realizando 63 jogos. Nesse período, foi companheiro de Tardelli em 2013 e 2014 – o atacante é um dos maiores ídolos da história do clube.

Lucas Cândido defendeu o Atlético por cinco temporadas
foto: Bruno Cantini/Atlético

Lucas Cândido defendeu o Atlético por cinco temporadas


 
Nas três passagens pelo Galo, Tardelli disputou 230 jogos e marcou 112 gols. O atacante é o 15º maior artilheiro da história do clube.

Pelo Galo, ganhou sete títulos:  Copa Libertadores (2013), Copa do Brasil (2014), Recopa Sul-Americana (2014) e Campeonato Mineiro (2010, 2013, 2020 e 2021).

O ex-camisa 9 do Atlético está sem clube desde que deixou o Santos, no fim do ano passado. Ele chegou a tentar voltar para a Cidade do Galo, mas a negociação não deu certo.



Compartilhe