UAI

2

Turco, técnico do Atlético, detalha longa amizade com Maradona

Treinador do Galo contou como foi a sua relação com o craque argentino que faleceu em novembro de 2020

02/06/2022 07:00
compartilhe
Turco deu detalhes da sua amizade com Diego Maradona
foto: Reprodução GaloTV

Turco deu detalhes da sua amizade com Diego Maradona


Turco Mohamed, técnico do Atlético, foi um dos grandes companheiros de Diego Maradona e detalhou a longa amizade com o craque argentino. Em entrevista especial à GaloTV, no YouTube, o treinador alvinegro disse que é um privilegiado por ter sido próximo do gênio que faleceu em novembro de 2020.
Companheiros desde o início da década de 90, Turco e Maradona estiveram juntos em diversas ocasiões e o atual treinador do Atlético afirmou que ele ainda faz parte da sua vida. Segundo Mohamed, mesmo com a morte, ele ainda possui uma relação com o gênio que vestiu a 10 da Argentina.

"Ainda tenho uma relação com Maradona porque Maradona segue presente em todos os argentinos. Sou muito amigo de Maradona, muito amigo. Compartilhei com ele muitos momentos íntimos e públicos em todos os lados do mundo: na Itália, na Espanha, em Cuba, no México, na Argentina. Em todos os lugares. Sempre estive perto dele e fui um privilegiado de poder ser seu amigo, de poder compartilhar muitas coisas", relatou o treinador alvinegro.

Turco ainda fez questão de destacar a sua tristeza em relação à morte do amigo. No entanto, o técnico do Galo não julgou as escolhas feitas por Maradona.

"Foi um privilégio enorme ter sido escolhido por ele (Maradona) para ser seu amigo, de ter confiança, de compartilhar muitas coisas. Estou muito triste por como se foi. Gostaria que ficasse muito mais tempo conosco, que desfrutasse de sua vida da maneira que ele escolheu viver porque creio que todos aprendemos a viver enquanto estamos vivendo. Não há um livro que diz como se tem que viver. Todos nós cometemos erros, todos somos humanos", pontuou de forma emocionada. 

O técnico ainda destacou questões particulares que podem envolver a vida de tantas outras pessoas. Turco também exaltou o coração do craque argentino e citou as fragilidades que fazem parte do ser humano.

"Somos frágeis. A pessoa pode ser frágil pela droga, pelo amor, pelo futebol, pela bebida. Existem várias situações em que todos nós humanos temos fragilidades que tentamos esconder. Ele (Maradona) não pôde esconder porque era uma pessoa pública, uma pessoa muito importante. Teve dificuldades para viver, como qualquer pessoa. Mas ele tinha um coração enorme e assim é como eu lembro dele", concluiu Turco Mohamed.
 
 

Compartilhe