UAI

2

Atlético já perdeu mais pontos em casa neste ano do que em campanha de 2021

No ano passado, Galo perdeu apenas cinco pontos como mandante no Campeonato Brasileiro; nesta temporada, já foram sete pontos deixados pelo caminho

13/06/2022 06:00 / atualizado em 13/06/2022 08:12
compartilhe
Atlético vem tendo desempenho irregular como mandante
foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press

Atlético vem tendo desempenho irregular como mandante

O Mineirão foi o grande trunfo do Atlético na temporada 2021. O Galo foi campeão brasileiro com 17 vitórias, um empate e uma derrota nos 19 jogos como mandante. Neste ano, o Alvinegro viu o desempenho cair em casa. Já foram sete pontos perdidos contra apenas cinco da campanha vencedora.



Na temporada passada, o Atlético perdeu na estreia para o Fortaleza e empatou um duelo contra a lanterna Chapecoense. Os outros 17 duelos foram vencidos pelo Alvinegro.

Já neste ano, a equipe tem três vitórias, dois empates e uma derrota. No duelo com o Santos, no último sábado, o Galo cedeu a igualdade com um a mais em campo. O resultado enfureceu os atleticanos, que vaiaram o time e pediram a demissão do técnico Turco Mohamed.

O treinador segue no cargo, mas a sequência de jogos é crucial para a continuidade. Se não obtiver bons resultados contra Ceará, fora de casa, e Flamengo, duas vezes, por Brasileirão e Copa do Brasil, o trabalho tende a ser interrompido. 

Queda da invencibilidade


O Atlético ficou quase um ano sem perder como mandante. Foram impressionantes 340 dias sem derrota na capital mineira até a derrota para o América, no Independência, pelo Campeonato Brasileiro.

No período, o Galo acumulou, como mandante ou visitante, impressionantes 41 jogos sem perder em BH. Foram 36 vitórias e cinco empates no período.

Pouco depois, foi a vez de cair a invencibilidade no Mineirão. O Galo caiu diante do Tolima, no último jogo da fase de grupos da Copa Libertadores. Foram 37 jogos invicto no estádio até o revés para os colombianos.

Atlético x Santos: fotos do jogo no Mineirão pelo Brasileiro



Compartilhe