UAI

2

Atlético x Emelec: árbitro escalado já gerou polêmica em jogo do Galo

Conmebol selecionou o venezuelano Jesus Valenzuela para apitar duelo de volta das oitavas de final da Copa Libertadores

01/07/2022 20:55
compartilhe
Momento em que o árbitro Jesus Valenzuela expulsa Nacho Fernández, do Atlético, em jogo com o River Plate
foto: Juan Mabromata/AFP

Momento em que o árbitro Jesus Valenzuela expulsa Nacho Fernández, do Atlético, em jogo com o River Plate

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) selecionou o venezuelano Jesus Valenzuela para apitar o duelo entre Atlético e Emelec, no Mineirão, pela volta das oitavas de final da Copa Libertadores. A bola rola às 19h15 da próxima terça-feira.

O árbitro é velho conhecido dos atleticanos. Na última edição da Libertadores, Valenzuela foi alvo de reclamação formal da diretoria alvinegra em função de uma decisão tomada na vitória do Atlético por 1 a 0 sobre o River Plate, na Argentina, pela partida de ida das quartas de final.

Na ocasião, o meia Nacho Fernández foi expulso ao cometer falta em Angileri. Em campo, Valenzuela não entendeu que o lance era para cartão vermelho. Porém, após ser acionado pelo VAR Jhon Ospina, mudou de ideia e colocou o argentino para fora.

River x Atlético: fotos da expulsão de Nacho após revisão do VAR



A cúpula atleticana acionou a Conmebol para tentar anular a expulsão e ter Nacho no jogo de volta, no Mineirão. Conforme argumentação do Galo, o pedido era fundamentado em 'irregularidade na revisão do lance'.

O Galo afirmava que o juiz de campo só poderia ser chamado pelo VAR caso a disputa tivesse envolvido 'força excessiva'. No entanto, em gravação dos áudios da arbitragem de vídeo, a todo instante, os operadores da ferramenta caracterizam a disputa como 'força média'. Diante disso, o clube mineiro avaliava que somente a aplicação do cartão amarelo seria o suficiente.

A Conmebol, porém, rejeitou o pedido atleticano e manteve a decisão da arbitragem. Sem Nacho, o Atlético fez um jogo histórico em Belo Horizonte, venceu o River por 3 a 0 e avançou às semifinais da Copa Libertadores - fase em que seria eliminado pelo Palmeiras, que viria a ser campeão.

Arbitragem de Atlético x Emelec

Na próxima terça, Valenzuela vai ser auxiliado pelos venezuelanos Jorge Urrego e Tulio Moreno. O VAR será o chileno Julio Bascuñan. Para avançar às quartas de final, o Atlético precisa vencer, já que o jogo de ida terminou empatado por 1 a 1, no Equador. Novo empate leva a decisão para os pênaltis, enquanto uma derrota atleticana classificaria os equatorianos.
Compartilhe