UAI

2

Quais são as mudanças mais urgentes no Atlético? Cuca responde

Diante do rendimento abaixo do padrão da equipe, Cuca avaliou necessidade de evolução em uma das fases do jogo, mas não estipulou prazo como em 2021

Cuca vê Atlético com defesa sólida, mas espera evolução do ataque
foto: Pedro Souza/Atlético

Cuca vê Atlético com defesa sólida, mas espera evolução do ataque


O elenco segue forte, mas o futebol apresentado pelo Atlético, nitidamente, caiu sob o comando do técnico "El Turco" Mohamed. Quais são as mudanças mais urgentes no comportamento da equipe? Quem respondeu à pergunta foi o recém-contratado Cuca, apresentado oficialmente pelo Galo nesta terça-feira (26).
 

Quem saiu e quem chegou no período sem Cuca no Atlético

 

Cuca acredita que a necessidade mais evidente do Atlético é a evolução do desempenho ofensivo. Na avaliação do treinador, o equilíbrio tático é responsável direto por bons resultados.

"Jogo a jogo. O Galo hoje tem uma defesa sólida, segunda ou terceira melhor, se não me engano. Podemos melhorar um pouco na parte da frente, mas é buscar o equilíbrio. Sempre que você busca isso, você fica próximo dos bons resultados. Domingo (contra o Corinthians) era um grande jogo. O time teve as oportunidades de fazer o segundo e acabou tomando, porque jogou com outra grande equipe, que tem grandes jogadores. Isso tudo tem que ser levado em consideração", analisou.

"Eu tenho, no meio dessas competições, três ou quatro semanas livres. São fundamentais para trabalhar. Sem tempo, fica reduzido para vídeos. Na prática é diferente, você para, corrige, arruma como você quer. Nesse tempo, eu pretendo pôr em prática as ideias para deixar uma equipe bem consistente", completou.
 
 

Qual o prazo para as mudanças no Atlético?


Em 2021, ainda no início da temporada, Cuca pediu dez dias "de paciência" aos torcedores do Atlético para que a equipe funcionasse da forma como gostaria - e cumpriu. Já em sua terceira passagem pelo Galo, o treinador prefere não estipular um prazo, mas acredita ter "vantagem" por já conhecer as características de 80% do elenco.

"Eu não tenho um prazo para saber quanto tempo vai precisar, porque não sei o que vamos apresentar no primeiro jogo. Vamos esperar. Vamos trabalhar bem, colocar as ideias em prática, ver a aceitação do elenco. Eu tenho que respeitar a característica de cada jogador. Essa é uma vantagem que eu tenho aqui: já conheço a característica de 80% do elenco, o que eles podem fazer. Esse é um grande passo que a gente já tem, que ano passado eu não tinha. Quem sabe, as coisas serão mais rápidas", projetou.

A reestreia de Cuca no comando técnico do Atlético ocorrerá às 16h do domingo (31), diante do Internacional, no Beira-Rio, em Porto Alegre. A partida será válida pela 20ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

Compartilhe