UAI

2

Cuca explica volta ao Atlético: 'Recebi um chamado e não tive como negar'

Treinador de 59 anos foi apresentado pelo clube nesta terça-feira (26) e inicia terceira passagem pela Cidade do Galo com foco no Brasileiro e na Libertadores

26/07/2022 15:00 / atualizado em 26/07/2022 15:36
compartilhe
Técnico Cuca foi apresentado pelo Atlético nesta terça-feira (26)
foto: Pedro Souza/Atlético

Técnico Cuca foi apresentado pelo Atlético nesta terça-feira (26)

A tarde desta terça-feira, 26 de julho de 2022, marca a retomada de uma das trajetórias mais vitoriosas da centenária história do Atlético. Depois de sete meses, o técnico Cuca voltou à Cidade do Galo para ser apresentado novamente como comandante alvinegro. E esta terceira passagem, que começa com grandes desafios para o treinador de 59 anos, parecia improvável até pouco tempo.

Após conquistar Campeonato Mineiro, Brasileiro e Copa do Brasil em 2021, Cuca deixou o Atlético. Naquele momento, o treinador pretendia não treinar nenhuma equipe na temporada seguinte. A diretoria alvinegra, então, foi atrás de Antonio 'Turco' Mohamed, que não embalou e foi demitido há quatro dias.

Então, o nome de Cuca surgiu novamente. "O contrato eu nem assinei, não estou preocupado com isso. Não é essa a razão pela qual eu vim para cá. Eu recebi um chamado do Rodrigo (Caetano, diretor de futebol), dos diretores, e eu não tive como negar. Se eu falasse não num momento desses, em que o Atlético precisa de mim, eu acho que não seria justo com eles que tanto fizeram por mim - não só pelos diretores, mas principalmente pelo que o Clube Atlético Mineiro fez por mim em toda a minha trajetória", justificou.

"Nossa história é muito grande, muito bonita. Eu venho para tentar contribuir da melhor maneira. Esse é o meu pensamento. Não é no ano que vem, não é em nada. São nesses praticamente três meses e meio que faltam para acabar o ano. Buscar o máximo, concentração, desempenho individual que vai virar coletivo se cada um entregar o seu máximo. É isso que a gente aguarda com a confiança nesse grupo de jogadores", prosseguiu.

21 momentos marcantes do técnico Cuca pelo Atlético



Contrato curto


Cuca aceitou um contrato curto com o Atlético, com término em dezembro. Serão cerca de três meses e meio até o fim da temporada e dois títulos em disputa.

Ao fim do primeiro turno do Campeonato Brasileiro, o Galo é o quarto colocado, com 32 pontos - sete a menos que o líder Palmeiras. O time paulista, aliás, é o adversário nas quartas de final da Copa Libertadores, a outra missão atleticana em 2022.

"Eu não estou preocupado comigo, no que representa para mim em termos de carreira. Não sei se vai ganhar, mas (estou preocupado em) fazer o Atlético estar no melhor que possa estar nas duas competições. Esse é o meu projeto. A gente nunca tem certeza de nada na vida. A gente só vai saber a resposta lá no final. O meu coração, hoje, falava que eu deveria vir (para o Atlético). Eu vim por ele, e Deus abençoe que dê certo", disse.

Missão: Campeonato Brasileiro


A reestreia de Cuca pelo Atlético será neste domingo, a partir das 16h, contra o Internacional. A partida no Beira-Rio vale pela 20ª rodada do Brasileirão, competição em que o treinador ainda não jogou a toalha. Mais do que isso: já fez cálculos para, quem sabe, vencê-la pelo segundo ano consecutivo.

"Tem que ganhar no mínimo 15 partidas, que são 45 pontos, e ainda torcer para o Palmeiras não fazer os 78. Eles têm 39, não podem fazer mais 39. É fácil falar. Legal ganhar 15 de 19 (risos). Não é assim. É jogo a jogo. É domingo lá com o Internacional. Esse é o cálculo: buscar o melhor contra o Inter", disse.



Missão: Libertadores


Logo depois de enfrentar o Inter, o Atlético de Cuca começa a decidir vaga na Libertadores contra o Palmeiras. As equipes duelam a partir das 21h30 do dia 3 de agosto, no Mineirão. Ao responder sobre o tema, Cuca citou os confrontos de 2021 (semifinais vencidas pelos paulistas) e, agora, tenta uma sorte diferente.

"Foram jogos muito iguais. No Allianz, a gente jogou melhor, perdemos um pênalti. Aqui, perdemos a chance de fazer o segundo e acabamos falhando e tomando o gol de empate. Saímos no critério. Foram jogos muito iguais e eu imagino que vai ser assim também agora. Vamos nos preparar da melhor forma. Na minha opinião, as chances são iguais para as duas equipes", completou.

Números de Cuca


Cuca soma 224 partidas à frente do Atlético, com 128 vitórias, 48 empates e 48 derrotas e seis títulos: três Campeonatos Mineiros (2012, 2013 e 2021), um Campeonato Brasileiro (2021), uma Copa do Brasil (2021) e uma Copa Libertadores (2013). São duas passagens pelo clube até aqui: a primeira entre 2011 e 2013 e a segunda em 2021.

No regresso ao Atlético, o comandante se tornará o quarto treinador com mais jogos pelo clube, deixando para trás Barbatana, que dirigiu o Galo em 227 ocasiões, divididas em cinco oportunidades entre as décadas de 1960 e 1990.

Liderada por Telê Santana, com 434 jogos, a lista dos treinadores com mais partidas pelo Atlético conta com Procópio Cardoso em segundo (328) e Levir Culpi em terceiro (320).


Compartilhe