UAI

2

Cuca traça meta de vitórias para que o Atlético ganhe o Brasileiro

Treinador paranaense recebe o Galo na 4ª posição da Série A do Campeonato Brasileiro ao fim do 1° turno, com 32 pontos, a sete de distância do líder Palmeiras

Cuca foi apresentado oficialmente pelo Atlético nesta terça-feira (26)
foto: Pedro Souza/Atlético

Cuca foi apresentado oficialmente pelo Atlético nesta terça-feira (26)


De volta ao Atlético, o técnico Cuca traçou uma meta de vitórias para que o Galo ganhe a Série A do Campeonato Brasileiro novamente. Nas contas do treinador, o time mineiro precisa vencer, no mínimo, 15 de 19 partidas no segundo turno.
 

Times que realizaram feito necessário ao Atlético no Campeonato Brasileiro

 

Cuca foi apresentado oficialmente pelo Atlético na tarde desta terça-feira (26), na Cidade do Galo, em Vespasiano. O paranaense recebe a equipe na 4ª colocação do Brasileirão, com 32 pontos - a sete de distância do líder Palmeiras -, e nas quartas de final da Copa Libertadores da América.

"Tem que ganhar no mínimo 15 partidas, que são 45 pontos, e ainda torcer para o Palmeiras não fazer os 78. Eles têm 39, não podem fazer mais 39. É fácil falar. Legal, vai ter que ganhar 15 de 19 (risos). Não é assim. É jogo a jogo. É domingo, lá com o Internacional. Esse é o cálculo: buscar o melhor contra o Inter", projetou.

Cuca aposta no entrosamento que já possui com o elenco para alavancar rapidamente o nível do Atlético dentro de campo. Ele avalia que o Galo precisa de uma "arrancada fenômeno" no segundo turno para sair com o título da Série A mais uma vez.

"Sempre é um equilíbrio. Se você buscar os números do Atlético, não são números ruins. Pelo contrário. (...) Não é um ano ruim. Você está em quarto lugar. Temos que fazer uma arrancada fenômeno no segundo turno, mas temos que pensar jogo a jogo, dia a dia. A apresentação é para seis, sete jogadores que não me conhecem. Os outros sabem a maneira com que eu trabalho, eu entendo muito também o que eles precisam e a gente, num curto espaço, pretende tirar o máximo de cada um deles", disse.
 
 

Por fim, Cuca revelou não estar preocupado com o que o trabalho no Atlético representará para sua carreira. O treinador paranaense demonstrou preocupação, de fato, com a sequência de ano do Galo e afirmou: "Eu vim pelo coração".

"Eu não estou preocupado comigo, com o que representa para mim em termos de carreira. Estou preocupado em fazer o Atlético ter um final de ano... Não sei se vai ganhar, mas fazer o Atlético estar no melhor que possa estar nas duas competições. Esse é o meu projeto. A gente nunca tem certeza de nada na vida. A gente só vai saber a resposta lá no final. O meu coração, hoje, falava que eu devia vir. Eu vim por ele e Deus abençoe que dê certo", encerrou.
 

21 momentos marcantes do técnico Cuca pelo Atlético

 

Compartilhe