UAI

2

Atlético anuncia demissão do técnico 'El Turco' Mohamed

Galo demite o treinador depois de uma sequência de atuações ruins, como na eliminação na Copa do Brasil para o Flamengo, e empate com o Cuiabá, pelo Brasileiro

22/07/2022 11:03 / atualizado em 22/07/2022 12:55
compartilhe
Turco Mohamed se despede do Atlético após pouco mais de seis meses de trabalho
foto: Gladyston Rodrigues/EM/D. A Press - 11/6/2022

Turco Mohamed se despede do Atlético após pouco mais de seis meses de trabalho

O Atlético anunciou a demissão do técnico Antonio 'El Turco' Mohamed nesta sexta-feira (22). O clube alvinegro comunicou o desligamento do treinador por meio das redes sociais. A saída do argentino ocorreu após uma sequência de más atuações do time, que culminou na eliminação na Copa do Brasil e em resultados frustrantes no Campeonato Brasileiro.

Momentos de Antonio Mohamed no Atlético





As cobranças vêm acompanhando o trabalho de Turco Mohamed desde a derrota para o América por 2 a 1, pelo Brasileiro, em 7 de maio. Aumentaram após o revés para o Tolima (2 a 1), no Mineirão, pela Copa Libertadores – o Galo já estava classificado para as oitavas de final, com a liderança da chave assegurada, porém, perdeu a invencibilidade histórica de 18 partidas no torneio continental.  

O cenário se complicou com o desempenho irregular e empates com Palmeiras, Santos e Ceará, além da goleada para o Fluminense (5 a 3), no Maracanã, naquela que é considerada por muitos a pior atuação do alvinegro neste ano.

Duas vitórias seguidas sobre o arquirrival Flamengo, no Mineirão – 2 a 0, pelo Brasileiro, e 2 a 1, pela rodada de ida das oitavas de final da Copa do Brasil –, deram sobrevida a Turco Mohamed no cargo.

Mas a pressão ressurgiu após a queda no torneio mata-mata nacional para o rubro-negro, no Maracanã (jogo em que o Atlético não teve sequer uma finalização certa para o gol) e agora, com o empate por 1 a 1 com o Cuiabá, resultado que fez o alvinegro perder a chance de retomar a vice-liderança da Série A.



Após a última partida, o treinador até pediu desculpas ao torcedor e praticamente jogou a toalha: "Não fizemos muito para ganhar. Foi muito ruim. É minha responsabilidade que a equipe não tenha ido bem. Estamos em um momento ruim. Estamos tristes, uma atuação ruim do time. Peço desculpas à torcida porque a equipe não jogou como tinha que jogar. Estamos mal".

Na volta para casa, o grupo foi recepcionado por integrantes de uma torcida organizada, que foram ao aeroporto de Confins protestar e pedir a saída do treinador, munidos de faixas escritas Fora Turco. A polícia usou gás de pimenta para dispersar os manifestantes.


A trajetória de Turco no Galo

Antonio 'El Turco' Mohamed foi anunciado pelo Atlético em 13 de janeiro e levou o clube a duas conquistas: a Supercopa do Brasil, em partida únida contra o Flamengo, e o Campeonato Mineiro, em final contra o Cruzeiro. 

Foram 45 jogos nesta temporada, com 27 vitórias, 13 empates e cinco derrotas, quase 70% de aproveitamento. Os resultados, contudo, não traduziam uma consistência em campo.

Ele deixa a equipe alvinegra classificada para as quartas de final da Libertadores, fase em que vai enfrentar o Palmeiras. O jogo de ida será em 3 de agosto, no Mineirão, e a volta dia 10, no Allianz Parque.

O Atlético volta a campo no domingo. O Galo recebe o Corinthians, no Gigante da Pampulha, às 18h, em confronto direto pelas primeiras posições do Brasileiro. Nessa partida, a equipe será dirigida pelo auxiliar Lucas Gonçalves.



Compartilhe