UAI

2

Atlético concretiza venda do meia Guilherme Castilho ao Ceará

Sem espaço no Galo, meio-campista de 22 anos foi negociado com o Vozão; jovem disputou apenas dez partidas no Atlético em 2022, sendo três como titular

27/07/2022 17:50 / atualizado em 27/07/2022 18:48
compartilhe
Guilherme Castilho, ex-Atlético, foi anunciado como reforço do Ceará nesta quarta-feira (27)
foto: Divulgação/Ceará

Guilherme Castilho, ex-Atlético, foi anunciado como reforço do Ceará nesta quarta-feira (27)


O Atlético concretizou, nesta quarta-feira (27), a venda do meio-campista Guilherme Castilho ao Ceará. O atleta de 22 anos deixa o Galo por falta de espaço no elenco e assina contrato de cinco anos com o Vozão, por R$ 9,6 milhões.
 

Contratações dos times da Série A para o segundo semestre


Presidente do Ceará, Robinson de Castro confirmou os valores da negociação ao portal Futebolês. Trata-se da maior contratação da história de um clube cearense. Ainda segundo o dirigente, o Vozão adquiriu 65% dos direitos econômicos de Castilho, e o Atlético manteve percentual.
 
Segundo Jorge Nicola, colunista do Superesportes, o Galo ficará com 55% do valor da negociação - ou quase R$ 5,3 milhões. O restante será repassado ao Mirassol, parceiro atleticano sobre os direitos do atleta. O clube mineiro ainda manteve 20% do percentual para futuras vendas.
 
Além do Ceará, o Grêmio já havia admitido publicamente a tentativa de ter o jogador por empréstimo, mas a negociação não avançou. Goiás e Juventude, clube defendido por Castilho no ano passado, também tentavam a contratação.

O jogador não teve bom desempenho com a camisa do Galo quando teve chance de entrar em campo. Um empréstimo também não estava descartado.
 
 

Castilho voltou ao Atlético neste ano após se destacar com a camisa do Juventude no Campeonato Brasileiro do ano passado. No entanto, teve poucas oportunidades com o técnico Turco Mohamed. 

No total, foram apenas dez partidas na temporada. Destas, apenas três como titular. Recentemente, o jogador havia tido o contrato renovado com o Galo até o fim de 2025.

Compartilhe