UAI

2

Cuca comanda treino tático na Cidade do Galo; Sasha é liberado pelo DM

Treinador paranaense comandou primeira atividade com bola nesta terceira passagem pelo Atlético; ataque ganha reforço com retorno de Sasha

27/07/2022 16:45 / atualizado em 27/07/2022 16:54
compartilhe
No primeiro treino com bola pelo Atlético, Cuca deu orientações táticas ao time
foto: Pedro Souza/Atlético

No primeiro treino com bola pelo Atlético, Cuca deu orientações táticas ao time


Com ajustes a fazer, o técnico Cuca comandou, na manhã desta quarta-feira (27), seu primeiro treino tático na Cidade do Galo após o retorno ao Atlético. O trabalho teve novidade: o retorno do atacante Eduardo Sasha, liberado pelo departamento médico do clube após episódio de tendinite na coxa esquerda.
 
 

Na terça-feira (26), primeiro dia da terceira passagem pelo Atlético, Cuca concedeu entrevista coletiva no CT e, em seguida, comandou um treino físico com os jogadores. Não houve atividade com bola.

Esta quarta-feira, no entanto, foi de intensidade total em Vespasiano. O treinador concedeu orientações táticas à equipe. Ele espera dar maior repertório ofensivo ao Galo já no duelo contra o Internacional, pelo Campeonato Brasileiro, às 16h do domingo (31).

"Jogo a jogo. O Galo hoje tem uma defesa sólida, segunda ou terceira melhor, se não me engano. Podemos melhorar um pouco na parte da frente, mas é buscar o equilíbrio. Sempre que você busca isso, você fica próximo dos bons resultados", analisou Cuca durante a apresentação oficial.
 

Fotos do segundo treino do Atlético após o retorno de Cuca - 27/07


"Domingo (contra o Corinthians), era um grande jogo. O time teve as oportunidades de fazer o segundo e acabou tomando, porque jogou com outra grande equipe, que tem grandes jogadores. Isso tudo tem que ser levado em consideração", completou.

A reestreia de Cuca pelo Atlético ocorrerá no Beira-Rio, em Porto Alegre, contra o Inter. A partida é válida pela 20ª rodada da Série A. Ao contrário do que fez em 2021, o treinador paranaense não pediu um prazo para "dar sua cara" ao Galo nesta terceira passagem.

"Eu não tenho um prazo para saber quanto tempo vai precisar, porque não sei o que vamos apresentar no primeiro jogo. Vamos esperar. Vamos trabalhar bem, colocar as ideias em prática, ver a aceitação do elenco. Eu tenho que respeitar a característica de cada jogador. Essa é uma vantagem que eu tenho aqui: já conheço a característica de 80% do elenco, o que eles podem fazer. Esse é um grande passo que a gente já tem, que ano passado eu não tinha. Quem sabe, as coisas serão mais rápidas", projetou.
 

Times que realizaram feito necessário ao Atlético no Campeonato Brasileiro

 

Compartilhe