UAI

2

Atlético deixa reforço de peso fora da lista de inscritos para Libertadores

Com punição a cumprir por confusão na Copa Libertadores de 2021, atacante argentino Cristian Pavón ficou fora da nova relação de inscritos do Galo

28/07/2022 19:04 / atualizado em 01/08/2022 16:02
compartilhe
Atlético deixa argentino Pavón, punido pela Conmebol, fora da lista de inscritos para a Copa Libertadores
foto: Pedro Souza/Atlético

Atlético deixa argentino Pavón, punido pela Conmebol, fora da lista de inscritos para a Copa Libertadores


O Atlético deixou um reforço de peso fora da lista de inscritos para a Copa Libertadores da América. Trata-se do atacante argentino Cristian Pavón, contratado no início deste mês, após fim de vínculo com o Boca Juniors, da Argentina.
 

Veja todos os reforços contratados por Rodrigo Caetano no Atlético

 

Nesta quinta-feira (28), o Galo enviou a nova lista de inscritos para a Libertadores à Conmebol. Com a possibilidade de inscrever três novos jogadores, o clube mineiro optou pelo zagueiro Jemerson, pelo meia-atacante Pedrinho e pelo atacante Alan Kardec - todos recém-contratados.

Da lista inicial do Atlético, apresentada para a fase de grupos, cinco jogadores já não fazem mais parte do plantel. São eles: Vitor Mendes (emprestado ao Juventude), Tchê Tchê (negociado com o Botafogo), Guilherme Castilho (vendido ao Ceará), Dylan Borrero e Savarino (vendidos ao futebol norte-americano). Com tratativas avançadas para defender o Vasco por empréstimo, o atacante Fábio Gomes também ficou de fora.

 

O Atlético também se prepara para o jogo de ida das quartas de final, contra o Palmeiras, às 21h30 da próxima quarta-feira (3), no Mineirão, em Belo Horizonte. Uma semana depois, a decisão da vaga nas semis ocorrerá no Allianz Parque, em São Paulo.
 
 

Situação de Pavón na Libertadores


A Conmebol negou um recurso do atacante Pavón para extinção de uma pena imposta ao jogador. A ação solicitava a reversão da punição de seis jogos na Copa Libertadores da América.

O pedido foi negado pelo Tribunal Disciplinar da Conmebol. Nessa última quarta-feira, o atleta e o clube alvinegro entraram com novo recurso - o Galo como um 'terceiro interessado' -, que será analisado pela Comissão de Apelação da Conmebol. 

Ainda há a possibilidade de recurso, em última instância, junto ao Tribunal Arbitral do Esporte, na Suíça. A informação foi antecipada pelo ge e confirmada pelo Superesportes.

Confusão no Mineirão e situação atual no Atlético


Nas oitavas de final da Libertadores de 2021, quando o Atlético eliminou o Boca Juniors (Argentina), Pavón - ainda como jogador do Boca - se envolveu em grande confusão no Mineirão. O atacante foi flagrado pelas câmeras atirando um dos bebedouros da zona mista do estádio em direção aos seguranças.

O caso teve grande repercussão. A delegação xeneize, que tentou invadir o vestiário do Galo após a eliminação, passou a noite em uma delegacia de Belo Horizonte. Os atacantes Villa e Pavón foram os mais penalizados pela briga: cada um recebeu seis jogos de suspensão na Libertadores.

 

Fotos do terceiro treino do Atlético após o retorno de Cuca - 28/07

 


O atacante, apesar disso, ficou de fora da lista de inscritos do Boca para a atual edição da Libertadores e, em tese, ainda precisa cumprir a punição da Conmebol.

Esse, inclusive, é um dos argumentos sustentados pela defesa de Pavón. O Boca poderia inscrever 50 jogadores na fase de grupos, mas listou apenas 45. Com a ciência de que o atacante não renovaria, o clube xeneize o deixou "de molho" durante toda a atual temporada.

O Tribunal Disciplinar da Conmebol negou o recurso justamente sob a justificativa de que Pavón não foi inscrito pelo Boca Juniors para a Libertadores de 2022. Sendo assim, ainda precisa cumprir a punição de seis jogos imposta pela entidade.

Compartilhe