UAI

2

Rival do Atlético na Libertadores, Palmeiras faz temporada 'quase perfeita'

Líder do Campeonato Brasileiro e com 100% de aproveitamento na Libertadores, Palmeiras vai em busca de nova temporada vitoriosa com Abel Ferreira

01/08/2022 15:30
compartilhe
Técnico Abel Ferreira comanda temporada
foto: Cesar Greco/Palmeiras

Técnico Abel Ferreira comanda temporada "quase perfeita" no Palmeiras


Rival do Atlético nas quartas de final da Copa Libertadores da América, o Palmeiras faz uma temporada "quase perfeita". Campeão paulista, o time comandado pelo português Abel Ferreira lidera a Série A do Campeonato Brasileiro e tem 100% de aproveitamento no torneio continental.
 
 

Nesta terça-feira (2), o Palmeiras completará um mês de invencibilidade. Nesse período, o Verdão disputou sete jogos, com seis vitórias e um empate. A última derrota da equipe paulista ocorreu em 2 de julho, diante do Athletico-PR (2 a 0), no Allianz Parque, pelo Brasileirão.

Durante a sequência invicta, no entanto, o Palmeiras viveu aquela que, até então, foi a sua única grande frustração em 2022. No dia 14 de julho, os comandados de Abel venceram o rival São Paulo por 2 a 1 pelas oitavas de final da Copa do Brasil, mas acabaram eliminados dentro de casa com derrota por 4 a 3 nos pênaltis.
 

Libertadores: relembre jogadores que passaram por Atlético e Palmeiras no século

 

Palmeiras no Brasileiro e na Libertadores


Na Série A, a campanha é muito positiva. O Verdão venceu 12, empatou seis e perdeu apenas dois dos 20 jogos que disputou, somando 42 pontos a esta altura da competição - com quatro de vantagem para o vice-líder e rival Corinthians. Durante a trajetória, foram 33 gols marcados e 14 sofridos.

O zagueiro Gustavo Gómez e o atacante Rony, com sete gols cada, dividem a artilharia do Porco no Brasileirão. O segundo está recuperado de uma lesão na coxa esquerda, mas, ainda que viaje para Belo Horizonte, deverá ser opção no banco de reservas.
 
 

Na Libertadores, a campanha do Palmeiras é soberana. O time de Abel Ferreira venceu todos os oito jogos que disputou, com impressionantes 33 gols marcados e apenas três sofridos. Nas oitavas de final, o Verdão despachou o Cerro Porteño (Paraguai), com duas goleadas (3 a 0 e 5 a 0).

Os atacantes Rafael Navarro e Rony, com sete gols, dividem a artilharia do torneio continental com Pedro, do Flamengo. O meia-atacante Raphael Veiga vem logo atrás, com seis tentos.

Em grande fase, o atual bicampeão da Libertadores será, mais uma vez, o rival do Atlético. Às 21h30 desta quarta-feira (3), no Mineirão lotado, as equipes medirão forças em jogo de ida das quartas de final da Libertadores.

Compartilhe