UAI

2

Cuca vê Atlético 'muito intenso' contra o Palmeiras e afirma: 'Está aberto'

Treinador lamentou empate na reta final contra o Verdão, mas elogiou nível de desempenho do Galo em jogo de ida das quartas da Copa Libertadores

04/08/2022 00:25 / atualizado em 04/08/2022 11:20
compartilhe
Cuca elogiou atuação do Atlético no empate com o Palmeiras pela Libertadores
foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press

Cuca elogiou atuação do Atlético no empate com o Palmeiras pela Libertadores

 
O técnico Cuca disse ter visto um Atlético "muito intenso" no empate com o Palmeiras, nesta quarta-feira (3), no Mineirão, em jogo de ida das quartas de final da Copa Libertadores da América. O treinador avalia que o confronto "está aberto" após o resultado no primeiro embate.
 

Da euforia à frustração: fotos da torcida do Atlético diante do Palmeiras

 



Nesta quarta-feira, o Galo fez um primeiro tempo dominante e, na segunda etapa, chegou a abrir 2 a 0 contra o Palmeiras no Gigante da Pampulha. Mesmo assim, caiu de intensidade na reta final do jogo e acabou cedendo o empate, com aspecto frustrante para os atleticanos que compareceram ao estádio.

De toda forma, Cuca, em entrevista coletiva após a partida, elogiou a postura da equipe alvinegra. Ele também lamentou as chances perdidas pelo Atlético no Mineirão.

"Jogo aprazível de se ver, com intensidade muito grande dos dois times. Quando a gente fala em intensidade, não significa só atacar - armação e defesa também. O time foi muito intenso, só que você não consegue jogar 90 minutos da mesma forma, e a gente sabia disso. A gente fez 70 minutos dessa forma e muito bem", analisou.

"Depois, o adversário vai ter que sair e você vai mudar sua postura para fazer uma jogada diferente, com jogadores com características diferentes. De repente, prender mais a bola, ou de velocidade, como a gente tentou. Fizemos 1 a 0, 2 a 0, e tivemos as chances para fazer o terceiro", completou.



O treinador garante que o plantel lamentou o resultado no vestiário, mas enalteceu a atuação. Cuca também disse enxergar o 2 a 1 e o 2 a 2 como placares "muito próximos".

"A gente lamenta o resultado, e é o que a gente fez lá dentro (do vestiário), mas tem que enaltecer a partida que o Atlético fez. O 2 a 1 e o 2 a 2 são muito próximos. Eu tenho comigo que tudo que Deus faz é bom, e quarta-feira a gente vai fazer de tudo para buscar a classificação no Allianz Parque", projetou.

Confiança abalada com o primeiro gol do Palmeiras?


Cuca também avaliou o aspecto psicológico do Atlético após o primeiro gol sofrido diante do Palmeiras, em lance de bola parada aproveitado por Murilo. O treinador acredita que tanto o time como a torcida sentiram o baque do tento alviverde, afetando a confiança;

"É natural. Quando um time faz gol, ele pega confiança. A torcida adversária também e, automaticamente, você perde um pouco da confiança. Isso é do futebol e aconteceu hoje. Isso é inquestionável, e são nuances de uma partida de futebol. Não tem como ser diferente. Tem um momento que você tem que defender. Nós, infelizmente, não conseguimos manter o 2 a 0", opinou.

"Saímos jogando uma bola que nós tínhamos dominada e, dessa saída errada, uma falta que originou o primeiro gol. Um escanteio originou o segundo, mas, pouco antes, o Dudu tinha perdido uma chance também. Então, não foram só essas duas bolas do Palmeiras, apesar da gente ter tido bastante finalização. Eles são uma equipe com muita jogada pronta e muito difícil de ser batida. Infelizmente, não deu para ganhar hoje", acrescentou.
 

Atlético 2 x 2 Palmeiras: fotos do jogo no Mineirão pela Libertadores

 

Por fim, Cuca, que foi ovacionado no retorno ao Mineirão, lamentou a baixa efetividade do Atlético para os contra-ataques no segundo tempo da partida. O técnico acredita, de toda forma, que o duelo contra o Palmeiras "está aberto".

"Quando o emocional está para baixo, é o adversário que tem algo mais. Isso é uma coisa natural. Aí você tem que defender esse momento e ter o contra-ataque. Nós, nesse dado momento, tivemos infelicidade. Eles fizeram o gol de empate. Está aberto. Quarta que vem, vamos ver o que acontece", encerrou.

Atlético e Palmeiras voltarão a se enfrentar às 21h30 da próxima quarta-feira (10), no Allianz Parque, em São Paulo. Para avançar às semifinais da Libertadores, o Galo precisará de uma vitória na capital paulista. Em caso de novo empate, a decisão ocorrerá nos pênaltis.

Compartilhe