UAI

2

Vargas, do Atlético, tem o Athletico-PR como 'vítima favorita' no Brasil

Atacante chileno já marcou quatro gols contra o Furacão, todos pelo Galo; em 2021, Vargas fez dois dos quatro da goleada atleticana na final da Copa do Brasil

06/08/2022 07:30
compartilhe
Com Dodô e Mariano, Vargas comemorou gol do Atlético sobre o Athletico-PR no Campeonato Brasileiro de 2021
foto: Ramon Lisboa/EM/D.A Press

Com Dodô e Mariano, Vargas comemorou gol do Atlético sobre o Athletico-PR no Campeonato Brasileiro de 2021


O atacante Eduardo Vargas, do Atlético, tem o Athletico-PR como "vítima favorita" no Brasil. O Furacão é o próximo rival do Galo no Campeonato Brasileiro e visitará o Mineirão, em Belo Horizonte, às 19h deste domingo (7/8), pela 21ª rodada.

No futebol brasileiro, o Athletico-PR foi a equipe que mais sofreu com as comemorações do chileno. Pelo Atlético, foram quatro gols marcados diante do Furacão.

Depois do clube paranaense, as principais vítimas de Vargas são Botafogo e Grêmio, seu ex-clube (ambos com dois gols sofridos). O camisa 10 também já balançou as redes contra Passo Fundo, Patrocinense, Pouso Alegre, Boa Esporte, Caldense, Ponte Preta, Internacional, São Paulo, Santos, Fluminense, Fortaleza, Bahia, Sport, Palmeiras e Goiás.

Retrospecto de Vargas contra o Athletico-PR


Pelo Atlético, Vargas disputou cinco jogos contra o Athletico-PR e marcou quatro gols. O primeiro deles ocorreu no dia 12 de dezembro de 2020, pelo Campeonato Brasileiro, na Arena da Baixada, em Curitiba. O tento marcou a vitória alvinegra por 1 a 0.

Depois, o chileno voltou a balançar as redes do Furacão no dia 1° de agosto de 2021, novamente pelo Campeonato Brasileiro. Na vitória do Atlético por 2 a 0 no Mineirão, em Belo Horizonte, o camisa 10 marcou um gol de pênalti e foi expulso.


Por fim, Vargas viria a marcar seus gols mais importantes contra o Athletico em um jogo de grande magnitude. No embate de ida da final da Copa do Brasil, no Gigante da Pampulha, o atacante balançou as redes duas vezes na goleada do Galo por 4 a 0.


Os tentos de Vargas foram fundamentais para construir também um excelente retrospecto recente para o Atlético diante do Furacão. O time mineiro venceu os últimos seis confrontos contra a equipe do Sul.

Neste domingo, há a possibilidade de que Cuca preserve alguns dos seus titulares pensando no confronto de volta contra o Palmeiras, pela Copa Libertadores. Diante dessa chance, Vargas pode voltar a ser escalado no Galo - justamente diante de sua maior vítima no Brasil.
 

Vitórias consecutivas do Atlético sobre o Athletico-PR

 

Compartilhe