Botafogo

BOTAFOGO

Botafogo ainda não joga a toalha, mas contratação de Yaya Touré fica mais difícil

Marfinense acertou salário, mas tempo de contrato é entrave na negociação

postado em 25/02/2020 15:53

(Foto: AFP/GENYA SAVILOV )

Depois de criar uma onda de otimismo na torcida com a chegada do japonês Keisuke Honda, o Botafogo pretende contratar o marfinense Yaya Touré para aumentar ainda mais o ânimo dos torcedores, que promoveram um crescimento de 40% do número de sócios-torcedores do clube. Entretanto, o otimismo em relação à negociação com o ex-Barcelona e Manchester City já não é mais o mesmo.

O volante, que completa 37 anos em maio, aceitou o salário de R$ 280 mil proposto pelo Glorioso, mas quer um contrato de três anos e salários maiores a partir de 2021. Além disso, o time carioca tem de lidar com um entrave pessoal do jogador, já que a sposa dele não estaria disposta a se mudar para o Brasil.

Yaya Touré iniciou a carreira profissional no Beveren, da Bélgica, em 2001, e alcançou o auge entre os anos de 2007 e 2018, com passagens pelo Barcelona e Manchester City. Pela Seleção da Costa do Marfim, disputou as copas de 2006, 2010 e 2014, esta última realizada no Brasil.

No clube espanhol, conquistou dois títulos espanhóis, uma Liga doa Campeões e um Mundial de Clubes. Já no City, foi tricampeão inglês.

A diretoria do Botafogo ainda não jogou a toalha e segue trabalhando para contar com o jogador. Enquanto isso, o técnico Paulo Autuori segue preparando a equipe para a estreia na Taça Rio, segundo turno do Estadual, diante do Boavista, no próximo domingo, às 19 horas (de Brasília),  no Engenhão.