Bragantino

FLAMENGO

Flamengo recebe Bragantino com missão de seguir no topo e preocupado com desgaste

Apesar de foco em assumir liderança, Domènec Torrent deve deixar alguns jogadores importantes no banco; intervalo curto entre jogos é fator determinante na escolha

postado em 15/10/2020 10:15

(Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)


O Flamengo nem teve tempo de descanso e já volta a campo nesta quinta-feira, às 20 horas, diante do Red Bull Bragantino, novamente no Maracanã. Com muitos jogadores desgastados pela maratona de partidas, o time entrará em campo após 48 horas, remodelado, sob o medo das lesões musculares e com a missão de manter a série de bons resultados.

O técnico espanhol Domènec Torrent vai descansar boa parte dos jogadores presentes na vitória sobre o Goiás, terça-feira. A dupla de ataque formada por Bruno Henrique e Pedro, por exemplo, pode ficar apenas na reserva. Filipe Luís cumpre suspensão e um dos jogadores do meio-campo também vai descansar: Thiago Maia ou Gerson. A defesa pode ser outra, também, sem Gustavo Henrique e Natan.

"Vamos tentar montar o melhor time para esse difícil jogo, mas não será fácil. Alguns estão cansados, outros com dores musculares. Vou perguntar quem está melhor", informou Domènec Torrent. O técnico não quer perder em hipótese alguma jogadores machucados em consequência do desgaste físico.

Quem acusar cansaço será preservado. "Jogamos cinco partidas em 12 dias. Agora será com intervalo de 48 horas. Em apenas 48 horas temos muitos riscos de lesões musculares", advertiu o treinador. Nesta quinta-feira ele perguntará a todos o real estado físico. O departamento de fisiologia também vai "palpitar" na escalação.

De certo está o retorno do meia Diego, que cumpriu suspensão diante dos goianos. Pode fazer dupla com Everton Ribeiro, de volta após servir a seleção brasileira e em campo apenas 20 minutos diante do Peru. Na frente o ataque pode contar com Vitinho e Lincoln, apesar dos elogios a Michael.

O treinador não esconde, porém, uma possível apresentação abaixo do mostrado pelo Flamengo nos últimos jogos. Os cariocas ganharam quatro seguidas no Brasileirão, sempre sendo superior, sobretudo na etapa final. Foram anotados 10 gols, média de 2,5 por encontro. Mas agora há o desgaste.

"Disputar muitos jogos seguidos é difícil e nem todos rendem 100%. Estão cansados, baixam o rendimento", enfatizou o catalão, que não quer, porém, sair mais da briga pelo título. Com início de Brasileirão ruim, ele lutou muito por uma reabilitação e agora não quer "perder o gás".

Tags: futnacional seriea bragantinosp