UAI

2

Chapecoense empata no fim contra o CSA, mas mantém jejum na Série B

Time catarinense sai atrás em Maceió e busca igualdade nos acréscimos, em gol validado após checagem do VAR, mas ainda está perto do Z4

08/06/2022 00:03
compartilhe
CSA abriu vantagem no Rei Pelé, mas levou empate da Chape no fim
foto: Morgana Oliveira/CSA

CSA abriu vantagem no Rei Pelé, mas levou empate da Chape no fim


Nesta terça-feira, CSA e Chapecoense empataram por 1 a 1, pela 11ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Jogando em casa, o time alagoano abriu o placar ainda no primeiro tempo com gol de Rodrigo Rodrigues, mas os visitantes buscaram o empate já nos acréscimos da segunda etapa, quando Pablo balançou as redes, em lance que foi anulado e validado depois de checagem do VAR.



O resultado deixa a Chape na 16ª colocação, uma acima da zona de rebaixamento, com 12 pontos. O CSA assume a 11ª posição, com 13 pontos.

A Chapecoense volta a campo na sexta-feira, às 21h30 (de Brasília) para receber o Criciúma. Já o CSA joga fora de casa no domingo, às 19 horas, contra o Tombense.

O JOGO


O primeiro tempo começou com a Chapecoense pressionando. Só nos primeiros nove minutos, o time teve três escanteios. Aos 10 minutos, Tiago Real levou perigo, mas parou em Marcelo Carné.

Conforme o tempo passou, o time da casa equilibrou e passou a criar suas chances. Assim, aos 34 minutos, o CSA saiu na frente com Rodrigo Rodrigues, que se antecipou à defesa e bateu forte para o fundo das redes. Com isso, o jogo foi para o intervalo com os mandantes em vantagem.

Logo no começo da segunda etapa, o time visitante quase empatou com Bianqui, que cabeceou no travessão. Na sequência, o CSA respondeu com Osvaldo, mas Vagner defendeu.

A Chapecoense seguiu apertando no campo de ataque em busca do empate, mas teve dificuldades para acertar suas finalizações no gol. Aos 25 minutos, Derek fez boa jogada individual e saiu cara a cara, mas bateu para fora. O atacante voltou a levar perigo cinco minutos depois, mas chutou em cima de Carné.

Aos 43 minutos, a Chape quase ficou com um a menos quando Chrystian recebeu cartão vermelho, mas teve expulsão anulada pelo VAR.

Já nos acréscimos, Pablo marcou o gol de empate da Chapecoense após cruzamento na área, mas o auxiliar anulou por impedimento. Após a análise do árbitro de vídeo, porém, o gol foi confirmado devido ao pé do defensor do CSA que dava condição ao jogador da Chape. Assim, os visitantes conseguiram buscar o empate suado fora de casa.

Compartilhe