UAI

2

Rafael Ramos, do Corinthians, é preso por suposto caso de injúria racial

Edenilson, do Internacional, acusou jogador da equipe paulista de chamá-lo de macaco durante jogo nesse sábado

15/05/2022 08:17 / atualizado em 15/05/2022 08:29
compartilhe
O lateral-direito Rafael Ramos, do Corinthians, foi preso na noite desse sábado, no estádio do Beira-Rio, em Porto Alegre, após caso de suposta injúria racial cometido contra o jogador Edenilson, do Internacional. As equipes jogaram pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro e empataram por 2 a 2.

Segundo informações divulgadas pelo UOL, o jogador foi preso em flagrante e está detido no posto policial do estádio. O atleta foi liberado mediante pagamento de fiança, estipulada em R$ 10 mil. 

Perto dos 30 minutos de partida, o meio-campista Edenilson acusou o lateral Rafael Ramos de tê-lo chamado de "macaco". Roberto de Andrade, diretor de futebol do Alvinegro, disse que Rafael afirmou ter dito "mano c...".


Compartilhe