UAI

2

Corinthians tropeça e pode deixar liderança do Brasileiro para o Atlético

Com a derrota por 1 a 0 para o Cuiabá na Arena Pantanal, time paulista perderá a primeira posição caso o Galo vença o Fluminense

07/06/2022 23:38 / atualizado em 08/06/2022 00:18
compartilhe
Uendel fez o gol do Dourado contra o Corinthians: lei do ex na Arena Pantanal
foto: AssCom Dourado

Uendel fez o gol do Dourado contra o Corinthians: lei do ex na Arena Pantanal


O Corinthians jogou mal e deu fim a uma sequência de 11 jogos sem perder nesta terça-feira, quando visitou o Cuiabá e foi derrotado por 1 a 0, na Arena Pantanal, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro. O gol foi de Uendel, que passou pelo Timão entre 2014 e 2016 e fez valer a famosa 'lei do ex', em bela conclusão no primeiro tempo. 



Com o resultado, o Timão permaneceu com 18 pontos, mas pode ser ultrapassado nesta rodada por Palmeiras e/ou Atlético. O Galo enfrentará o Fluminense, nesta quarta-feira, às 21h30, no Maracanã, e chegará a 19 pontos e assumirá a ponta. O mesmo ocorrerá com o Palmeiras, caso derrote o Botafogo nesta quinta-feira, às 19h, no Allianz Parque, em São Paulo.

A partida começou movimentada, com duas chances dos donos da casa com menos de cinco minutos de bola rolando, ambas com André Felipe. Gustavo Silva teve cabeçada defendida pouco depois. O jogo esfriou e, em saída errada aos 36 minutos, Uendel aplicou a lei do ex e abriu o marcador em chute de longa distância.

No intervalo, Vítor Pereira realizou quatro modificações, mudando a formação com três zagueiros para 4-3-3, tentando também melhorar a saída de bola e o meio-campo. No entanto, a evolução foi muito pequena, e o placar manteve-se inalterado - Valdívia acabou expulso já nos acréscimos por falta dura em Mantuan.

O próximo compromisso do Corinthians será no sábado, diante do Juventude, no retorno da equipe à Neo Química Arena após dois jogos, a partir das 16h30 (de Brasília). O Dourado receberá o RB Bragantino no mesmo dia, mas às 19h (de Brasília).

O JOGO


Com menos de cinco minutos, foram do Cuiabá as primeiras chances do jogo, ambas dos pés de André Felipe. Primeiro, Robson tentou proteger a bola na grande área, mas foi desarmado. Em chute de primeira do camisa 9, Cássio realizou boa defesa. Pouco depois, o atacante disputou a bola no ataque, se livrou de Robson e chutou forte, passando ao lado da trave.

Na sequência, o Corinthians chegou pela primeira vez em jogada de Du Queiroz, que passou para Mantuan na direita. O jogador cruzou para a cabeça de Gustavo Silva, em chance defendida por João Carlos.

A partir de então, as ações foram equilibradas, com mais bola trabalhada e estudo do adversário após as tentativas iniciais. Aos 25 minutos, após recuo de bola, Raul Gustavo perdeu para André Luís e o atacante cruzou rasteiro, mas a zaga corintiana tirou o que poderia se tornar uma grande chance.

Aos 30 minutos, Bruno Melo recebeu lançamento de Mantuan na esquerda e tentou cruzamento, que foi afastado pela defesa do Cuiabá. Na sobra, Du Queiroz chutou de longa distância, mas a bola foi para fora. Seis minutos depois, Cantillo tentou sair jogando com Adson, mas o meia acabou desarmado por Uendel, que dominou no peito e bateu cruzando, no cantinho direito de Cássio, abrindo o marcador.

No retorno do intervalo, Vítor Pereira apostou em quatro mudanças, indicando que não gostou do que viu na primeira etapa. Entraram Júnior Moraes, Lucas Piton, Giuliano e Renato Augusto, para as saídas de Robson, Bruno Melo, Du Queiroz e Adson, colocando o sistema no 4-3-3.

Após contra-ataque do Cuiabá, a primeira chance do Corinthians surgiu aos dez minutos, quando Raul Gustavo roubou a bola no meio de campo e passou para Giuliano. Ele jogou para Róger Guedes, que avançou pela beirada, cortou e bateu rápido, mas João Carlos realizou a defesa.

Perto dos 25 minutos, Pepê deu chapéu em Cantillo e acabou sofrendo falta de Gil. Na cobrança perto da entrada da área, a zaga conseguiu afastar. Três minutos depois, Gustavo Silva recebeu na direita e cruzou, mas Júnior Moraes não conseguiu cabecear. O Cuiabá chegou novamente em chute de Marcão, para fora.

Perto dos 40 minutos, a torcida corintiana presente realizou um protesto com sinalizadores por conta de ingressos de R$ 200. O jogo foi paralisado e, minutos depois, voltou a acontecer. Valdívia, após chamada do VAR, acabou expulso por falta dura em Mantuan. Na cobrança, já nos acréscimos, a zaga afastou.

CUIABÁ 1 x 0 CORINTHIANS


CUIABÁ
João Carlos; João Lucas, Marllon, Empereur, Uendel; Rafael Gava (Marcão), Camilo, Pepê (Paulão) e André Luís (Alesson); André Felipe (Jenison) e Felipe Marques (Valdívia)
Técnico: Bernardo Franco (auxiliar) 

CORINTHIANS
Cássio; Robson (Júnior Moraes), Gil, Raul Gustavo e Bruno Melo (Lucas Piton); Du Queiroz (Giuliano), Cantillo e Adson (Renato Augusto); Mantuan, Róger Guedes e Gustavo Silva (Wesley)
Técnico: Vítor Pereira

Local: Arena Pantanal, em Cuiabá (MT)

Data: 7 de junho de 2022 (terça-feira)

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (CE)

Auxiliares: Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE) e Márcia Bezerra Lopes Caetano (RO)

VAR: Rafael Traci (SC)

Cartões amarelos: Raul Gustavo e Du Queiroz (Corinthians); João Carlos (Cuiabá)

Cartão vermelho: Valdívia (Cuiabá)

GOL: Uendel, aos 36min do 1ºT 

Público: 22.129 torcedores

Renda: R$ 1.957.000

Compartilhe