UAI

2

Coritiba busca vitória suada contra o Brasil e luta pelo título da Série B

Coxa sofre, mas faz o dever de casa já nos acréscimos e segue na briga

14/11/2021 20:38 / atualizado em 14/11/2021 21:05
compartilhe
Com casa cheia, Coritiba falhou na pontaria e só conseguiu vencer nos acréscimos
foto: Coritiba/Divulgação

Com casa cheia, Coritiba falhou na pontaria e só conseguiu vencer nos acréscimos


O confronto no Estádio Couto Pereira mostrou superioridade do Coritiba, mas falta de pontaria para definir as chances criadas contra o Brasil de Pelotas. Com gol já nos acréscimos, a partida acabou em 2 a 1 para o time da casa, que retoma a liderança da Série B.

Agora, o Coritiba soma 64 pontos e pula para a primeira colocação. O Brasil de Pelotas segue com 23 pontos, na lanterna. As duas equipes voltam a campo pela Série B no próximo domingo às 19h (de Brasília). O Coritiba recebe o CSA no Couto Pereira, e o Brasil de Pelotas retorna ao Estádio Bento Freitas para enfrentar o Botafogo.

O JOGO


O Coritiba dominou as ações da primeira etapa e não deu espaço para o Brasil de Pelotas respirar. A equipe da casa tentou 18 chutes ao gol de Marcelo, mas a boa atuação do camisa 1 e a trave impediram que o zero saísse do placar até o apito do intervalo.

A mesma história se repetiu na segunda etapa, mas com um fim diferente. Aos nove minutos, Waguininho aproveitou a cobrança de escanteio e cabeceou para colocar o Coritiba na liderança do placar. Mesmo com a desvantagem, o Brasil de Pelotas buscou e encontrou o empate aos 36 minutos, com Erison cobrando pênalti. O Coritiba partiu para a pressão e conseguiu o gol da vitória aos 48 minutos com Léo Gamalho.

CORITIBA 2 x 1 BRASIL-RS


CORITIBA 
Wilson; Natanael, Henrique, Luciano Castán e Guilherme Biro; Willian Farias, Val (William Alves), Robinho (Matheus Sales) e Rafinha (João Vitor); Waguininho (Romário) e Léo Gamalho.
Técnico:  Gustavo Morínigo

BRASIL-RS
Marcelo; Netto, Leandro Camilo, Ícaro e Héverton (Paulinho); Diego Gomes, Bruno Matias, Patrick (Gabriel Poveda), Renatinho (Oliveira) e Rildo (Caio Rangel); Erison
Técnico:  Jerson Testoni

Local:  Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data:  domingo, 14 de novembro
Árbitro:  Diego Pombo Lopez (BA)
GOLS:  Waguininho, aos 9, Erison, aos 36, e Léo Gamalho, aos 48min do 2ºT
Cartões amarelos:  Val (Coritiba); Diego Gomes, Bruno Matias e Erison (Brasil-RS) 
Público Pagante:  27.531
Público total:  28.451
Renda:  R$ 411.807,50

Compartilhe