Cruzeiro

CRUZEIRO

Principais organizadas do Cruzeiro marcam protesto na Toca da Raposa II

Máfia Azul, Fanáti-Cruz e Pavilhão Independente marcaram ato para a tarde deste sábado

postado em 10/06/2021 17:07 / atualizado em 10/06/2021 19:08

(Foto: Arquivo EM)
Principais organizadas do Cruzeiro, Máfia Azul, Fanáti-Cruz e Pavilhão Independente marcaram protesto unificado para a tarde deste sábado, às 16h, na Toca da Raposa II. O principal alvo da manifestação, de acordo com publicações feitas pelas torcidas nas redes sociais, é o presidente do clube, Sérgio Santos Rodrigues.

Na mesma data, o Cruzeiro entrará em campo pela Série B do Campeonato Brasileiro. O duelo diante do Goiás está marcado para as 21h, no Mineirão.

"Se temos jogadores sem raça, sem vontade, (sem) capacidade técnica de vestir a camisa do maior time de Minas, quem contratou? Um técnico a cada três meses em sua gestão, mostra o seu total despreparo", diz trecho da convocação da Máfia Azul.

Esse será o segundo ato de protesto em um intervalo de duas semanas. No último dia 5, cerca de 50 torcedores se manifestaram contra a chegada de Rodrigo Pastana ao Cruzeiro. Na porta da Toca II, o grupo também gritou que Sérgio Rodrigues era “só caô”.

O Cruzeiro anunciou nesta quinta-feira a contratação do técnico Mozart, ex-CSA e Chapecoense. Ele foi o escolhido para a vaga de Felipe Conceição, demitido nessa quarta-feira após a eliminação precoce na terceira fase da Copa do Brasil. O time celeste foi derrotado por 1 a 0 pela Juazeirense no tempo normal e por 3 a 2 nos pênaltis.

A escolha de Mozart é uma aposta de Pastana, que chegou recentemente ao clube, com respaldo de Sérgio. A decisão, tomada poucas horas após a demissão de Conceição, não recebeu aprovação da maioria das lideranças do clube, que desejavam um nome com mais experiência para a sequência celeste na Série B do Campeonato Brasileiro. 

Atualizada às 17h29


Tags: serieb interiormg futnacional