Cruzeiro

CRUZEIRO

Após pedir demissão, Mozart deixa Mineirão com delegação do Cruzeiro; veja!

Treinador alcançou nesta sexta-feira nove jogos sem vitórias na Série B

postado em 31/07/2021 00:28 / atualizado em 31/07/2021 00:38

Após o empate por 2 a 2 com o Londrina, nesta sexta-feira, o Cruzeiro informou que o técnico Mozart pediu demissão do cargo. Ele não suportou a sequência de resultados negativos na Série B do Campeonato Brasileiro - seis empates e três derrotas. 

A reportagem do Superesportes flagrou Mozart deixando o Mineirão no mesmo ônibus do Cruzeiro e acompanhado pelo executivo de futebol, Rodrigo Pastana (veja o vídeo abaixo). O dirigente foi o responsável por informar, em pronunciamento, a saída do treinador.

Aposta pessoal de Pastana e com respaldo do presidente Sérgio Santos Rodrigues, Mozart deixou o Cruzeiro com aproveitamento de 33,3% dos pontos disputados. No total, foram 13 jogos da equipe sob seu comando, com sete empates, duas vitórias e quatro derrotas.

Com a saída de Mozart, o Cruzeiro buscará seu terceiro treinador na temporada. Antes, Felipe Conceição já havia comandado o time entre fevereiro e junho. Desde o início da gestão de Sérgio Rodrigues, que completou um ano no mês passado, cinco técnicos já deixaram o clube (Enderson Moreira, Ney Franco, Luiz Felipe Scolari, Felipe Conceição e Mozart).

O preferido absoluto no Cruzeiro para a vaga de Mozart é o experiente Vanderlei Luxemburgo, com quem Sérgio Rodrigues e Pedro Lourenço, principal patrocinador do clube, já fizeram contato na última semana. 

Lideranças do Conselho Deliberativo também pediram ao presidente celeste nas últimas semanas a contratação de um profissional mais experiente para comandar a equipe num momento de pressão extrema. 

Tags: serieb interiormg futnacional Mozart mercadobola