Figueirense

FIGUEIRENSE

Denis deixa o Figueirense e lamenta crise: 'Indigno para qualquer trabalhador'

No Figueirense desde janeiro de 2018, Denis tinha contrato até o final de dezembro

postado em 02/08/2019 13:51 / atualizado em 02/08/2019 19:13

<i>(Foto: Instagram)</i>
Um dia após rescindir o contrato com o Figueirense na Justiça, o goleiro Denis usou as redes sociais nesta sexta-feira para se despedir. Na publicação, ele lamentou a crise financeira vivida pelo clube de Florianópolis, em tom crítico, e disse que teve paciência para esperar por um desfecho positivo antes de tomar a decisão de mover uma ação judicial.

"Estou certo de que provei com gestos o tamanho do meu comprometimento e profissionalismo, mas essa situação extremamente difícil que o Figueirense atravessa chegou a um ponto insustentável e indigno para qualquer trabalhador. Esperei por muito tempo por uma solução, mas infelizmente ela não chegou e ainda me parece longe de chegar", escreveu.

No Figueirense desde janeiro de 2018, Denis tinha contrato até o final de dezembro deste ano. Após não treinar por dois dias seguidos, ele conseguiu a rescisão na última quinta-feira, por meio de uma liminar concedida pela Justiça do Trabalho de Santa Catarina, ao comprovar que está sem receber FGTS desde abril do ano passado. O time catarinense deve salários a todo o elenco, que chegou a fazer greve na semana passada, e a funcionários de outras áreas.

"Foi com enorme dor no coração que precisei procurar pelos meus direitos e, consequentemente, encerrar meu ciclo como atleta do clube. Não fiz isso porque quis, fiz por necessidade. Lamento muito mesmo pelo torcedor, ao qual serei eternamente grato, pelos amigos, pelos funcionários e por tudo o que significava estar aqui, devolvendo o carinho com que fui acolhido e vivendo o que acredito estarem sendo os melhores momentos da minha carreira", disse Denis em outro trecho da publicação.

O goleiro deixa o clube catarinense após 89 partidas, 35 delas na atual temporada. Neste período, foi campeão do Campeonato Catarinense de 2018 e da Recopa Catarinense de 2019. Livre no mercado, ele não pode acertar com nenhum time da Série B porque já completou sete jogos pelo Figueirense.

Tags: Série B denis figueirense futebol