UAI

2

Flamengo será julgado no STJD por eventos no jogo contra Atlético

Clube responderá por objetos arremessados em campo e sinalizadores no Maracanã, além do apedrejamento do ônibus da delegação do Galo

04/08/2022 12:14 / atualizado em 04/08/2022 12:34
compartilhe
Ônibus do Atlético teve vidro quebrado por pedras atiradas por torcedores do Flamengo
foto: Atlético/Divulgação

Ônibus do Atlético teve vidro quebrado por pedras atiradas por torcedores do Flamengo


O Flamengo será julgado  pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por eventos ocorridos na partida contra o Atlético, no Maracanã, no dia 13 de julho, pelas oitavas de final da Copa do Brasil.



Na audiência marcada para 13 de agosto, o clube responderá por arremesso de objetos no gramado, uso de sinalizadores, atraso do jogo, invasão e apedrejamento do ônibus do Galo no deslocamento para o estádio. 

O Flamengo foi enquadrado no artigo 191 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) por descumprimento do estatuto do torcedor e o Regulamento Geral de Competição.

O clube também foi citado nos artigos 211 e 213,  por não fornecer infraestrutura necessária para a segurança da partida e providências para prevenir e reprimir desordens em praça desportiva. 

Os três artigos preveem multa de R$ 100 a R$ 100 mil. O Flamengo ainda corre o risco de perder o mando de campo por até dez partidas, além de ter o estádio interditado. 

Atlético eliminado


Nas oitavas de final da Copa do Brasil, o Flamengo eliminou o Atlético pelo placar agregado de 3 a 2. O rubro-negro perdeu o jogo de ida, no Mineirão, por 2 a 1, mas reverteu a desvantagem no Maracanã, vencendo com dois gols de Arrascaeta. 

Nas quartas de final, o time carioca está em disputa com o Athletico-PR. O jogo de ida, no Rio de Janeiro, terminou empatado por 0 a 0. A volta será em 16 de agosto, na Arena da Baixada, em Curitiba. 


Ônibus do Atlético foi apedrejado no Rio antes do jogo com o Flamengo


Compartilhe