UAI

2

Torcida do Verona pede para Rússia e Ucrânia atacarem Nápoles

Faixa assinada pela torcida organizada Curva Sud, do Verona, tem as bandeiras de Rússia e Ucrânia, além das coordenadas de Nápoles

14/03/2022 10:42
compartilhe
Faixa da torcida organizada 'Curva Sud' sugerindo ataque a Nápoles gerou revolta nas redes sociais
foto: Ansa/Reprodução

Faixa da torcida organizada 'Curva Sud' sugerindo ataque a Nápoles gerou revolta nas redes sociais

O jogo entre Verona e Napoli, que terminou com vitória por 2 a 1 para os azzurri, foi manchado por uma faixa colocada nos arredores do Estádio Marcantonio Bentegodi que pedia para a Rússia e a Ucrânia bombardearem a cidade de Nápoles, na Itália.

A faixa assinada pela "Curva Sud", uma das torcidas organizadas do Verona, tinha as bandeiras da Rússia e da Ucrânia, bem como uma série de números que representavam as coordenadas de Nápoles.

A ação dos "ultras" do Verona foi amplamente criticada por políticos, integrantes da Série A Italiana e pela própria equipe gialloblù, que divulgou um comunicado condenando a mensagem da faixa pouco antes do início da partida diante dos napolitanos.

O ministro das Relações Exteriores da Itália, Luigi Di Maio, definiu a atitude da torcida do Verona como "vergonhosa e repugnante". Já o líder da sigla ultranacionalista Liga, Matteo Salvini, afirmou que a mensagem foi "grave e injustificável".

"Esta guerra é real! Não é ficção ou uma brincadeira. Não existe piada ou ironia, mas apenas idiotice por trás dessa faixa criada por pseudos torcedores", escreveu Di Maio em suas redes sociais.

O ex-prefeito de Nápoles Luigi De Magistris comentou que a mensagem foi uma demonstração de "ideias racistas, violentas, desumanas e bárbaras de certas pessoas".

No Campeonato Italiano, o Napoli ocupa atualmente a segunda colocação, com 60 pontos, três atrás do líder Milan. O Verona, por sua vez, ocupa a nona posição, com 41 pontos. 

Compartilhe