UAI

2

CEO do Borussia Dortmund admite que não pode competir com City por Haaland

Dirigente ressaltou, no entanto, que clube alemão não recebeu proposta pelo artilheiro norueguês

30/03/2022 18:52
compartilhe
Artilheiro do Borussia Dortmund, norueguês Haaland é alvo de vários clubes europeus
foto: Daniel Roland/AFP

Artilheiro do Borussia Dortmund, norueguês Haaland é alvo de vários clubes europeus



O CEO do Borussia Dortmund, Hans-Joachim Watzke, admitiu em entrevista à revista alemã Sport Bild, nesta quarta-feira, que a equipe não tem condições financeiras de competir com o Manchester City por Erling Haaland. Porém, Watzke garantiu que, até o momento, ninguém sinalizou ainda com uma proposta pelo jogador.

"Atualmente, não sabemos nada de concreto. Nem o jogador nem ninguém se dirigiu a nós ainda. Porém, não podemos competir financeiramente se o Manchester City chegar", disse.

Watzke também ressaltou que, caso o astro norueguês deixe o Borussia, a equipe vai buscar outra jovem promessa para suprir o seu lugar.

"Se Haaland sair, encontraremos outro novo talento e desenvolveremos uma nova estrela e isso também fará bem à Bundesliga. Temos que ter cuidado e tentar manter muitas das estrelas que ainda temos na liga, o que é difícil, dada a enorme pressão financeira da Inglaterra", afirmou.


Compartilhe