Futebol Nacional

SANTA CRUZ

Destaque do Santa Cruz na temporada meia Chiquinho diz: 'não podemos baixar a cabeça'

O jogador entrou no decorrer da partida e marcou um gol de falta, o único gol Tricolor na derrota diante do Manaus pela Série C

postado em 22/11/2020 14:00 / atualizado em 22/11/2020 11:34


 
(Foto: Rafael Melo/Santa Cruz)
 Mesmo sendo derrotado por 2 a 1 para o Manaus e da perda da invencibilidade de dez jogos sem perder no Campeonato Brasileiro da Série C, os comandados do técnico Marcelo Martelotte não se mostraram abalados com o revés. A última derrota do Tricolor foi diante do Vila Nova, no primeiro turno, ainda sob o comando de Itamar Shülle. O discurso dos atletas corais na saída do gramado foi de corrigir as falhas apresentadas na noite do último sábado 21.

“A gente veio para esse jogo para buscar a vitória e sair com os três pontos. Não queríamos a derrota. Sabemos que todos os times que jogam contra a gente aqui vem buscando da o melhor para tirar pontos da gente. e aconteceu isso hoje. Mas não podemos baixar a cabeça. Tivemos oportunidades de fazer mais gols, sendo que não finalizamos certo. Temos uma semana para trabalhar novamente e, na segunda-feira 30, buscar uma nova vitória para seguir pontuando na tabela para chegarmos mais fortes ainda na próxima fase”, falou o meia Chiquinho,  em entrevista à emissora DAZN na saída do jogo.

O próximo compromisso dos Tricolores será contra o Jacuipense, na segunda-feira 30, às 20h, no estádio Pituaçu, em Salvador, pela 17º rodada da Série C. Para o confronto, o técnico Marcelo Martelotte poderá contar com os retornos de Didira e Vítor Rangel, ambos em isolamento por conta do teste positivo da Covid-19.