Futebol Nacional

SPORT

Renda, internacionalização e jovens: Sport acerta com promotora europeia para vídeos

Empresa será responsável por reedição de material produzido pelo Leão e divulgação para publicações e veículos de diversos países, explicou dirigente

postado em 04/07/2020 11:30 / atualizado em 04/07/2020 14:41

(Foto: Paulo Paiva/ DP Foto)
Em tempos globalizados, o futebol se torna, cada vez mais, um mercado internacional, seja pelo consumo de produtos por fãs em outros países ou pelas transações de jogadores. De olho no mercado, o Sport acertou parceria com uma promotora europeia para tentar “virar notícia” para além do Brasil. Através do acordo, a empresa vai expor conteúdos do Sport para 800 empresas de mídia em 150 países dando visibilidade e retorno financeiro direto ao Leão, como explicou o vice-presidente de comunicação do Clube, Jurandir Gayoso.

“Antes de lançar o aplicativo de streaming, a gente vai lançar a parceria com uma empresa, que a gente vai divulgar já na próxima semana. É uma empresa europeia que tem 800 publishers (mídias) digitais no mundo inteiro, trabalha com os maiores clubes do mundo, em mais de 150 países. Ela faz shortfilms (filmes curtos) e repassa para os publishers. Esses, montam os vídeos nas plataformas deles e a gente é monetizado”, disse Jurandir, que afirmou que esses vídeos também serão utilizados nas redes do clube.

Na visão do dirigente, esse retorno financeiro direto não deve ser um valor muito grande, até pelo porte do clube em comparação a outros parceiros da empresa, mas pode ajudar na entrada em novos mercados. “No início vai ser, talvez, um valor pequeno, porque a gente vai estar no mesmo ecossistema de Real Madrid, Barcelona, todos esses times. Mas, como é uma plataforma que já está estabelecida de forma volumosa na Europa, a gente pretende fazer com que a nossa marca seja mais vista fora do Brasil e essas pessoas tenham a curiosidade para saber mais do Sport e, de alguma forma, consumir os produtos do Sport”.

Funcionamento da parceria
Segundo Jurandir, o conteúdo utilizado pela empresa será produzido pelo Sport e “editado e melhorado” pela parceira, que o disponibilizará para todas as mídias com que tem parceria do outro lado da ligação. “Todo esse ecossistema que fala de esporte recebe um miniclipe do que essa empresa está fazendo para a gente. Então, imagine isso replicado 800 vezes, vamos dizer. Vai passar um vídeo do Real Madrid, do Barcelona, mas, vai ter uma situação que vai falar do Campeonato Brasileiro, aí vai aparecer aquele videozinho do Sport”.

Para ampliar a repercussão dos vídeos, o Sport visa produção de conteúdos pensados para o público internacional. Jogadores e ex-jogadores do clube conhecidos na Europa podem virar personagens de novas produções. “Foram do Sport e o pessoal da Europa já conhece, para atrair esse público para divulgar nosso conteúdo. Eles só fornecem aos publishers, esses desenvolvem as matérias que acharem que tem que desenvolver”.

Exposição dos jovens
Outro uso da plataforma, segundo Jurandir, também pode ser o de divulgação das jovens promessas do clube, que, divulgados na ferramenta, podem despertar a atenção da imprensa e de clubes no mercado internacional.

“Essa plataforma é muito usada lá fora para mostrar jovens talentos despontando. A gente pode lançar um bocado de vídeos de Joelinton, então o parceiro vai dizer para os publishers, esse parceiro é o Sport Recife, sabem quem é? Metade vai dizer que sabe e metade que não. E ele diz que o Sport Recife foi quem lançou Joelinton e vai mostrar um bocado de conteúdo de Joelinton. Muita gente se utiliza dessa plataforma para lançar jovens talentos. Isso alerta”, concluiu.