Futebol Nacional

SPORT

Após jogar na lateral esquerda do Sport, Raul Prata diz 'gostar' de atuar improvisado no setor

O defensor do Leão comentou a última partida diante do Atlético-MG e ressaltou o trabalho da defesa rubro-negra no jogo: 'se saiu bem'

postado em 29/10/2020 08:30 / atualizado em 29/10/2020 09:05

(Foto: Reprodução)
Sem jogar pelo Sport desde o Pernambucano, mais especificamente na partida contra o Decisão, Raul Prata voltou a entrar em campo diante do Atlético-MG para jogar de forma improvisada na lateral esquerda. Indo bem no setor que vem dando dor de cabeça a Jair Ventura, o lateral ressaltou que já está acostumado em jogar na esquerda e que a tendência é melhorar nas atuações. 

“Eu já joguei várias vezes, aqui pelo Sport e por outros clubes também e eu me sinto bem jogando ali, é um pouco diferente da direita, mas eu gosto de jogar ali. Se eu tiver a oportunidade de jogar novamente, com certeza adquirindo ritmo de jogo, o desempenho vai melhorar e é isso que eu espero fazer, ajudar o Sport, sendo de lateral esquerdo ou de lateral direito que é minha posição de origem. Eu quero ajudar o clube a conquistar coisas melhores, vencer os jogos e vou trabalhar para isso”, explicou. 

Sendo acionado diante do melhor ataque do campeonato para voltar a jogar, Raul Prata mostrou ter ciência da dificuldade que enfrentaria, mas disse estar “acostumado” com a pressão. Segundo o defensor, por ser lateral, em todas as partidas é necessário enfrentar algum atleta habilidoso. 

“Voltei em um jogo muito difícil, era contra o melhor ataque do campeonato, um dos melhores times do campeonato também. Um time que ataca muito, com muito jogadores e a gente fez uma linha defensiva forte, sabíamos da pressão que existia, principalmente no começo do jogo e a nossa equipe se saiu bem”, explanou. 

“Lógico que é muito difícil você marcar jogadores rápidos, habilidosos, mas na Série A e em outros campeonatos também, você enfrenta esse tipo de jogador, eu que sou lateral enfrento quase todo jogo. Então já estou acostumado”, finalizou Raul.