Futebol Nacional

NÁUTICO

Edno vê como normal torcida do presidente da FPF pelo Santa, mas ressalva: 'desnecessário'

Para mandatário Timbu, Evandro Carvalho 'colocou toda torcida do Náutico contra ele'

postado em 19/08/2019 21:19

<i>(Foto: Leandro de Santana/Esp DP Foto)</i>
O presidente do Náutico, Edno Melo, enxergou com naturalidade a declaração dada ao Superesportes pelo presidente da Federação Pernambucana de Futebol, Evandro Carvalho, de que irá torcer pelo Santa Cruz no clássico do próximo sábado, nos Aflitos, pela última rodada da primeira fase da Série C. Os tricolores jogam por uma vitória e torcem por um tropeço de Imperatriz ou Confiança para se classificarem às quartas de final. Já o Timbu, garantido no mata mata do acesso, disputa apenas a liderança do Grupo A (para isso precisa também de um tropeço do Sampaio Corrêa).

Segundo Edno, a declaração dada pelo mandatário do futebol pernambucano foi natural, mas desnecessária. "Ele está torcendo para que dois clubes de Pernambuco se classifiquem. Não achei nada de mais. Agora ele poderia ter se poupado desse tipo de comentário e ter colocado toda a torcida do Náutico contra ele", afirmou Edno Melo.

O presidente timbu também defendeu o posicionamento do clube de manter o jogo nos Aflitos, enquanto Evandro defendia que a partida fosse levada para a Arena de Pernambuco em troca de uma maior arrecadação de bilheteria. Para Edno, as declarações do presidente da FPF podem inclusive servir de motivação para a torcida alvirrubra comparecer em bom número no clássico

"Acho que a torcida vai dar uma resposta a ele. O presidente disse, inclusive, que não foi a nenhum jogo do Náutico ainda. E ele vai entender lá, quando ele estiver torcendo pelo Santa Cruz, porque a gente não levou o jogo para a Arena", provocou. "Obviamente, o presidente será muito bem recebido por nós", completou Edno.