Futebol Nacional

NÁUTICO

Após consolidação no Náutico, lateral direito Hereda relembra superação na carreira

Prestes a subir para o elenco profissional, jogador teve que parar por causa de uma contusão; neste ano, tornou-se um dos principais atletas da equipe

postado em 08/11/2019 07:30 / atualizado em 08/11/2019 08:17

(Foto: Paulo Paiva/ DP Foto)
A atual temporada de Hereda merece destaque não apenas pelas boas atuações ou por ter sido mais uma aposta da categoria de base alvirrubra a virar realidade em 2019, mas também pela superação do jogador. No ano passado, o lateral direito já estava dentre os formados no clube para compor o elenco profissional, mas teve o momento interrompido por uma contusão.

Ainda no fim de 2017, o prata da casa foi diagnosticado com uma lesão ligamentar no joelho esquerdo e precisou ficar seis meses parado. Apto a jogar neste ano, Hereda ganhou a posição de titular logo no início da temporada e se tornou uma das principais peças da equipe. 

“O ano de 2018 foi muito difícil na minha vida, na minha carreira. Fico muito feliz de ter dado a volta por cima. Realmente não esperava viver tudo isso em 2019 Trabalhei bastante e aproveitei a chance. Só tenho a agradecer a Deus e ao Náutico pela oportunidade. Feliz pelo reconhecimento da torcida, comissão técnica e diretoria. Espero que em 2020 eu possa continuar e evoluir mais ainda, para conquistar títulos e me destacar mais”, falou ao site oficial do clube.

Em 2019, Hereda conquistou o acesso e o título da Série C pelo Timbu, realizando 40 partidas e marcando dois gols. As boas atuações, inclusive, renderam ao jogador de 21 anos uma renovação de contrato, cujo vínculo com o alvirrubro vai até o fim de 2022. 

“É uma coisa única que estou vivendo no Náutico, e espero viver por muito mais tempo. A palavra é gratidão”, concluiu.