ATLÉTICO

Guga projeta jogo com Santos e lamenta 'exigência' de torcedores do Atlético: 'Um pouquinho fora do normal'

Torcedores criticaram Fábio Santos e Ricardo Oliveira durante a derrota por 2 a 0 para o Palmeiras, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro

postado em 14/05/2019 18:13 / atualizado em 14/05/2019 18:56

<i>(Foto: Bruno Cantini/Atlético)</i>
Assim que o Atlético sofreu o segundo gol na derrota desse domingo por 2 a 0 para o Palmeiras, o clima no Mineirão mudou drasticamente. Torcedores, que empurravam o time alvinegro na briga pela manutenção da liderança do Campeonato Brasileiro, passaram a vaiar jogadores como o lateral-esquerdo Fábio Santos e o centroavante Ricardo Oliveira. Questionado sobre a reação dos atleticanos, o jovem lateral-direito Guga, de 20 anos, não ficou em cima do muro e lamentou as críticas.


“Essa exigência eu achei um pouquinho fora do normal, pelos resultados que tínhamos conquistado nos últimos três jogos. Estou achando a torcida um pouquinho impaciente. Sei que o resultado da Libertadores não foi como gostaríamos [Atlético foi eliminado na fase de grupos], mas temos que pensar para frente. Vida que segue. Futebol é assim, muito rápido”, disse Guga.

Antes de perder para o Palmeiras em casa, o Atlético vinha de quatro vitórias seguidas, todas por 2 a 1, contra Avaí, Vasco, Ceará (pelo Brasileiro) e Zamora-VEN (pela Libertadores). O desempenho contra os rivais nacionais colocaram o time do técnico interino Rodrigo Santana na liderança da Série A, com nove pontos.

“A gente vinha de três vitórias (no Brasileiro), vinha líder do campeonato. Que (a torcida) possa ter um pouquinho mais de confiança. A equipe está se doando ao máximo dentro de campo. A gente sabe da dificuldade que é jogar contra o Palmeiras. Quando tem essa dificuldade, a gente sabe que a força do torcedor é muito importante. Quando eles não vêm com a gente, não nos apoiam do jeito que deveriam nos apoiar dentro de campo, acaba prejudicando um pouco. Mas isso não é desculpa”, completou.

Guga e os demais jogadores do Atlético reencontrarão a torcida já nesta quarta-feira. O time enfrenta o Santos, às 19h15, pela partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. O lateral-direito se mostrou satisfeito com o retorno ao Independência.

“A gente sabe que o Atlético e o Independência têm algo de diferente. Que a gente possa fazer nosso caldeirão lá dentro para a gente conseguir o êxito no primeiro jogo da Copa do Brasil”, disse. Guga também projetou o confronto com o Santos do técnico argentino Jorge Sampaoli.

“A gente sabe o que o Santos tem apresentado nesses últimos jogos. É uma equipe bem qualificada, mexe bastante, tem muita movimentação. Então, temos que estar bem atentos a isso para não sofrermos nisso. Mas que possamos também ter essa posse de bola. Nossa equipe tem capacidade de manter a posse de bola também”, concluiu.

Tags: galo seriea futnacional interiormg atleticomg