CAMPEONATO MINEIRO

Caldense goleia, rebaixa Tupynambás e dificulta vida do Cruzeiro em disputa por semifinal

Em confronto direto na última rodada, marcado para quarta-feira, a Veterana pode até perder por 2 a 0 para a Raposa que mantém a vaga

postado em 26/07/2020 18:07 / atualizado em 27/07/2020 00:22

(Foto: Divulgação/Caldense)
Jogando como ‘visitante’ em seu próprio estádio, a Caldense dominou o mandante Tupynambás e goleou o adversário por 4 a 0 na retomada do Campeonato Mineiro. Neste domingo, no Ronaldão, em Poços de Caldas - o jogo válido pela 10ª rodada não pôde ser disputado em Juiz de Fora por causa da pandemia de COVID-19 -, a Veterana fez o ‘dever de casa’ e manteve boa vantagem na briga com o Cruzeiro por vaga às semifinais do Estadual.

Caldense e Cruzeiro vão se enfrentar na quarta-feira, às 21h30, no Ronaldão, em Poços de Caldas.

A goleada levou a Caldense à 3ª posição na tabela, com 20 pontos, e saldo de 10 gols. Dessa forma, para se classificar às semifinais, o Cruzeiro - que tem 17 pontos e saldo de 5 gols - teria que vencer a Veterana por, no mínimo, três gols de diferença - delimitando a diferença em 8 a 7 a favor da equipe celeste.

Também na quarta, o Atlético enfrenta o Patrocinense e garante vaga se vencer. Em caso de empate ou derrota alvinegra, o Cruzeiro vai às semifinais com vitória simples sobre a Caldense no Ronaldão, em Poços de Caldas.

Caldense se impõe

Diferentemente do Tupynambás, que perdeu a maior parte do elenco durante a interrupção das competições, a Caldense manteve a maioria dos jogadores para o restante da temporada. Neste domingo, a Veterana fez valer o fato de jogar em seu estádio e se impôs frente a um adversário com mais dificuldades de entrosamento e técnica. Desde o início, a equipe de Poços de Caldas pressionou e não demorou a conseguir abrir o placar e ganhar fôlego na partida.

Depois de duas grandes chances que passaram perto do gol de André Zuba, do Tupynambás, a Caldense abriu o marcador em cobrança de pênalti. Nathan não pegou em cheio na bola, mas ela acabou balançando as redes. 1 a 0. O camisa 10 seguiu brilhando e deu ótimo passe para João Victor sair cara a cara com o goleiro adversário e ampliar o placar. 2 a 0.

Na segunda etapa, a Caldense seguiu dominando as ações e aproveitou para fazer saldo. O gol de Kaique, fazendo 3 a 0, e mais um de João Victor, 4 a 0, garantiram ainda mais vantagem na disputa com o Cruzeiro por posição na tabela.

Tags: mineiro caldense cruzeiroec futnacional tupynambás