UAI

2

Ricardo Goulart rescinde contrato com Santos; destino pode ser Cruzeiro

Meia-atacante tinha vínculo até o fim de 2023, mas fez acordo amigável com Peixe e abriu mão do valor que deveria receber no período

12/07/2022 21:19 / atualizado em 12/07/2022 22:26
compartilhe
Ricardo Goulart tinha contrato até o fim de 2023, mas fez acordo com Santos
foto: Ivan Storti/Santos

Ricardo Goulart tinha contrato até o fim de 2023, mas fez acordo com Santos


Chegou ao fim a passagem de Ricardo Goulart pelo Santos. Nesta terça-feira (12), o meia-atacante acertou a sua rescisão com o Peixe. O vínculo era válido até o fim de 2023. Para chegar a um acordo amigável com o clube, ele abriu mão de todos os valores que teria para receber até o fim deste período. 

Segundo o jornalista André Hernan, Goulart pode voltar ao Cruzeiro. O meia-atacante estaria nos planos da gestão de Ronaldo Fenômeno na SAF cruzeirense.

Goulart foi bicampeão brasileiro pelo Cruzeiro em 2013 e 2014 e se tornou ídolo da torcida. Em janeiro de 2015, ele foi vendido ao Guangzhou Evergrande, da China, por 15 milhões de euros.

Com a camisa do Cruzeiro, Ricardo Goulart realizou 106 partidas e marcou anotou 38 gols. Na Toca, ele ainda foi campeão mineiro de 2014.

Goulart não pode mais atuar por outro clube da Série A este ano. Diante desse cenário, a volta dele ao Cruzeiro se torna um negócio atraente para as duas partes.

Um eventual acordo dependerá do enquadramento de Goulart na política salarial do Cruzeiro. O clube mineiro tem folha de cerca de R$ 2,7 milhões na Série B e não está disposto a gastar mais do que arrecada.

Goulart no Santos


O jogador de 31 anos foi contratado em janeiro deste ano e se despede após 30 partidas, quatro gols e três assistências.


E o início de sua trajetória na Vila Belmiro foi, de fato, promissor. O atleta foi um dos grandes responsáveis por ajudar o Peixe a fugir do rebaixamento à Série A2 do Paulistão. Contudo, ele caiu de rendimento nos últimos meses.

O último gol de Goulart foi no dia 19 de março, na vitória de 3 a 2 sobre o Água Santa, pela última rodada do Estadual. Desde então, foram 19 embates sem balançar as redes.

A queda de rendimento coincide justamente com o período em que Fabián Bustos treinou o Santos. Com o comandante argentino no banco de reservas, o meia perdeu muito espaço. Nos últimos seis jogos do clube na temporada, por exemplo, ele soma apenas 20 minutos em campo.

No último domingo, aliás, ele nem sequer foi relacionado para a vitória de 1 a 0 sobre o Atlético-GO. Segundo o Santos, Goulart estava com um desconforto muscular.

Agora, portanto, Ricardo Goulart está livre no mercado. Ao longo da sua carreira, o meia também soma passagens por Internacional, Goiás, Cruzeiro, Palmeiras e Guangzhou Evergrande, da China.


Compartilhe