UAI

2

Alisson relembra jogo pelo Cruzeiro durante apresentação no São Paulo

Atacante falou sobre a partida em que trocou de camisa com Rogério Ceni, quando o ex-goleiro ainda atuava pelo Tricolor

19/01/2022 16:31 / atualizado em 19/01/2022 16:49
compartilhe
Alisson é um dos principais reforços do São Paulo para 2022
foto: Rubens Chiri/São Paulo

Alisson é um dos principais reforços do São Paulo para 2022


 
Na tarde desta quarta-feira, o São Paulo realizou a coletiva de apresentação do atacante Alisson, ex-Grêmio e agora reforço tricolor para a temporada de 2022. O jogador vestirá a camisa 12 são-paulina e, na coletiva, relembrou um antiga história da época em que atuava pelo Cruzeiro e trocou de camisa com Rogério Ceni.
 
 

''Fico muito feliz de integrar um grupo como o do São Paulo e de trabalhar com um cara tão vitorioso como o Rogério, não tenho palavras para falar dele. Venho para somar assim como os outros atletas que chegaram. Espero cada vez mais conhecer meus companheiros, já foi uma semana bastante produtiva de trabalho para nos conhecermos e para que possamos fazer com que o São Paulo conquiste títulos na temporada'', contou o jogador.
 

Alisson revelou que já vem conversando com o treinador São Paulino sobre a função que desempenhará dentro de campo. Segundo ele, porém, em qualquer posição que Ceni precisar, ele está disposto a contribuir.

''Desde que cheguei, o Rogério vem conversando com a gente para entender a forma como nos sentimos melhor em campo. Deixei bem claro que onde ele precisar de mim, farei de tudo para dar meu melhor. Sendo titular ou reversa, quero ajudar'', disse.

Uma das características de Alisson é sua polivalência na parte ofensiva do campo. Durante seus anos de Grêmio e Cruzeiro, o jogador já conseguiu desenvolver seu futebol tanto aberto pela esquerda, quanto pela direita. Além disso, o atleta também pode ser usado no meio-campo.

''No Cruzeiro eu só jogava pela esquerda, acabei indo para o Grêmio e aprendi a jogar pela direita, já joguei por dentro também. Agora trabalhando com o Rogério estou à disposição. Já me adaptei a jogar nessas três funções'', comentou.

Alisson já treina com o elenco do São Paulo com foco na temporada de 2022. O primeiro compromisso oficial do clube será frente ao Guarani, no dia 27 de janeiro, fora de casa, pela primeira rodada do Campeonato Paulista.

''O Paulista para mim é o estadual mais difícil, e o São Paulo foi campeão ano passado. Que eu possa chegar esse ano junto com o Patrick, Nikão, Rafinha, Jandrei e conquistar novamente esse ano para iniciar muito bem esse primeiro semestre'', projetou Alisson.
 
 

Saída do Grêmio

''Todo lugar tem pressão de torcida, ainda mais quando você joga em grandes clubes. No Grêmio eu passei por alguns problemas familiares. No meio do ano eu tinha pedido para ir embora. Deixei claro. Falei com Marcelo Oliveira, tinha falado com Diego Cerri e com outros profissionais de lá. Mas já passou, sou muito grato ao Grêmio, saí pela porta da frente assim como entrei. Que eles possam retornar para onde nunca deveriam ter saído'', afirma o camisa 12.

Troca de camisa com Rogério na época de Cruzeiro

''Troquei uma camisa com ele, está guardada lá em casa. Já até me ofereceram dinheiro nela, mas falei que de forma alguma. Ela vai ficar na minha coleção pela história que tem. Me sinto um privilegiado de além de ter conseguido jogar contra ele, ter trocado essa camisa, agora ter o privilégio de trabalhar com ele'', relembrou Alisson.

Comparação de elenco com rivais

"Pelo tamanho do São Paulo, o time pode bater de frente com qualquer equipe. Pelos reforços que chegaram, pelos atletas que já estavam e pelo trabalho do Rogério. Estamos trabalhando diariamente em dois períodos. Independente do adversário a gente vai entrar, encarar. Sabemos que é uma equipe que joga há bastante tempo junto, mas vamos nos entrosando, nos conhecendo melhor", concluiu.

Compartilhe