UAI

2

Coritiba e São Paulo empatam e mantêm o Atlético no G4 do Brasileiro

Tricolor sai na frente com gol de pênalti em cobrança de Calleri, mas leva igualdade na etapa final. Resultado foi benéfico para o Galo

compartilhe
São Paulo não sustentou vantagem e sofreu empate do Coritiba
foto: Rubens Chiri/São Paulo

São Paulo não sustentou vantagem e sofreu empate do Coritiba


Não foi desta vez que o São Paulo conquistou sua primeira vitória fora de casa neste Campeonato Brasileiro. O tricolor visitou o Coritiba, nesta quinta-feira, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba, e os times empataram por 1 a 1. O time paulista saiu na frente, com gol de Calleri, de pênalti, mas sofreu a igualdade na etapa final, com gol de Manga para o Coxa. 



O empate entre Coritiba e São Paulo foi benéfico para o Atlético, que se manteve no G4 do Brasileiro. Derrotado pelo Fluminense por 5 a 3, no Maracanã, o Galo permaneceu com 16 pontos, um a mais que Coritiba e São Paulo, quinto e sexto colocados, respectivamente. Se houvesse vencedor no Couto Pereira, o time alvinegro deixaria o grupo dos quatro melhores no encerramento da rodada. 

Esse foi o quarto jogo consecutivo no Brasileirão que o São Paulo deixou escapar a vitória no segundo tempo. A disparidade da etapa inicial para a etapa complementar vem gerando preocupação para a comissão técnica tricolor, que vê o problema se repetir a cada rodada.

Caso vencesse, o São Paulo ficaria a apenas dois pontos do líder Palmeiras, se estabelecendo na terceira colocação. Com mais um empate, o tricolor acabou terminando a rodada em sexto lugar. O time de Rogério Ceni tentará reagir na competição no próximo domingo, quando volta a jogar em casa, contra o América, às 16h. Já o Coritiba recebe o Palmeiras, no mesmo dia, às 18h.

O JOGO


O São Paulo começou o primeiro tempo ligado e precisou de apenas três minutos para abrir o placar. Rafinha inverteu para Reinaldo na esquerda, e o lateral mandou na área para Calleri, de carrinho, completar para o fundo das redes e marcar seu nono gol em nove jogos no Campeonato Brasileiro.

Passados os primeiros minutos, o time de Rogério Ceni passou a pressionar a saída de bola adversária com menos intensidade. Ainda assim, o São Paulo seguiu com o controle do jogo e quase ampliou em cobrança de falta de Luciano, que bateu forte da entrada da área, exigindo boa defesa de Muralha.

Já na reta final do primeiro, Reinaldo teve outra chance para ampliar para o São Paulo, aproveitando a sobra de cobrança de escanteio para soltar a bomba de fora da área, cruzado, mas tirou tinta da trave após desvio na defesa rival. Antes do intervalo, Luciano novamente esteve próximo do gol, recebendo um passe de cabeça de Igor Gomes e, também de cabeça, arrematando no contrapé do goleiro, porém, a zaga do Coxa apareceu no meio do caminho para afastar o perigo.

Assim como nos últimos jogos, o São Paulo permitiu o crescimento do adversário no segundo tempo e não demorou muito para perder a vantagem no placar. Aos nove minutos, Alef Manga já dava sinais de que poderia castigar o Tricolor caso tivesse uma boa chance para marcar. O atacante aproveitou o rebote de chute travado pela defesa rival e bateu de primeira, tirando tinta da trave.

Pouco depois, porém, não teve jeito. Biro cobrou falta na entrada da área, a bola explodiu em Luciano Castán, e Alef Manga ficou com a sobra, aproveitando que Jandrei já estava caído para bater de primeira e empatar a partida no Couto Pereira. Precisando fazer o São Paulo reagir, Rogério Ceni decidiu promover as entradas de Eder e Welington nas vagas de Luciano e Reinaldo, respectivamente.

E foi justamente Welington quem teve a melhor chance do São Paulo no segundo tempo, aos 39 minutos. O lateral-esquerdo saiu em velocidade, invadiu a área e, ao chegar na linha de fundo, decidiu bater para o gol ao invés de tocar para algum companheiro, vendo Muralha fazer ótima defesa para salvar o Coritiba.

O árbitro ainda deu oito minutos de acréscimo no segundo tempo, mas nenhuma das equipes conseguiu criar algum perigo na reta final da partida para evitar o empate no Couto Pereira.

CORITIBA 1 x 1 SÃO PAULO


CORITIBA
Alex Muralha; Natanael, Henrique, Luciano Castán e Guilherme Biro; Val (Robinho), Bernardo (Galarza) e Thonny Anderson (Clayton); Igor Paixão, Alef Manga (Fabrício Daniel) e Adrián Martínez (Neilton)
Técnico: Gustavo Moríngio

SÃO PAULO
Jandrei; Diego Costa, Miranda e Léo; Rafinha, Luan (Patrick), Igor Gomes, Rodrigo Nestor e Reinaldo (Welington); Luciano (Eder) e Calleri
Técnico: Rogério Ceni

Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR)

Data: 9 de junho de 2022, quinta-feira

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (FIFA-RJ)

Assistentes: Thiago Correa Farinha (RJ) e Thiago Rosa de Oliveira (RJ)

VAR: Daniel Nobre Bins (RS)

GOLS: Calleri, aos 3 do 1ºT (São Paulo); Alef Manga, aos 13 do 2ºT (Coritiba)

Cartões amarelos: Diego Costa, Igor Gomes, Eder (São Paulo); Adrián Martínez, Alef Manga, Igor Paixão (Coritiba)

Compartilhe