UAI

2

Swiatek vence Jabeur e é campeã do WTA 1000 de Roma

Tenista polonesa fechou o jogo em 2 sets a 0 com um duplo 6/2 em uma hora e 22 minutos

15/05/2022 14:30
compartilhe
Swiatek vence Jabeur e é campeã do WTA 1000 de Roma
foto: TIZIANA FABI/AFP

Swiatek vence Jabeur e é campeã do WTA 1000 de Roma

A polonesa Iga Swiatek, número um do mundo, venceu neste domingo a tunisiana Ons Jabeur (número 7) e se sagrou campeã do WTA 1000 de Roma, seu quinto título consecutivo na temporada, depois de vencer em Doha, Indian Wells, Miami e Stuttgart.

Swiatek fechou o jogo em 2 sets a 0 com um duplo 6/2 em uma hora e 22 minutos.

A uma semana do início do torneio de Roland Garros, a polonesa continua com ritmo impressionante em 2022, chegando a sua 28ª vitória seguida no ano.

Na ausência de Swiatek, que ficou fora do circuito para se recuperar de dores no braço, Jabeur foi campeã na semana passada em Madri, tornando-se a primeira tenista de um país árabe a ganhar um título da série 1000, categoria mais importante depois dos Grand Slam.

A tunisiana, combativa como sempre, mas cansada pelas batalhas que teve nas quartas e nas semifinais, pôde medir neste domingo a diferença que a separa da número um do mundo.

Durante todo o torneio, Swiatek mostrou estar em alto nível, sem ceder nenhum set e conquistando seu oitavo título na carreira.

Além disso, a polonesa só perdeu um set nos últimos 20 jogos, o que a coloca como grande favorita para Roland Garros, onde já foi campeã, em 2020.

Sua última derrota foi em 16 de fevereiro, na segunda rodada do torneio de Dubai, para a letã Jelena Ostapenko.

Desde o ano 2000, apenas Venus Williams (35), Serena Williams (34) e Justine Henin (32) conseguiram mais vitórias em sequência que Swiatek no momento.

"Estou orgulhosa de mim mesma. No início do torneio, não achava que seria possível continuar essa série de vitórias. Todos esses torneios vencidos, parece um pouco irreal", admitiu a polonesa.

"Mas estou muito feliz com meu jogo sólido. Joguei bem e consegui melhorar durante o torneio", concluiu.

Compartilhe