UAI

2

Tenista russa muda de nacionalidade para poder jogar Wimbledon

Jogadora de 29 anos, que agora competirá sob a bandeira da Geórgia, estará no torneio de duplas em Wimbledon ao lado da sérvia Aleksandra Krunic

20/06/2022 13:20
compartilhe
Organizadores decidiram excluir da edição de 2022 todos os tenistas de Rússia e Belarus
foto: Divulgação

Organizadores decidiram excluir da edição de 2022 todos os tenistas de Rússia e Belarus

A tenista russa Natela Dzalamidze, número 43 do mundo no ranking de duplas da WTA, mudou de nacionalidade para poder participar do torneio de Wimbledon. A informação foi divulgada no domingo pelo jornal britânico The Times.

De acordo com a publicação, a jogadora de 29 anos, que agora competirá sob a bandeira da Geórgia, estará no torneio de duplas em Wimbledon ao lado da sérvia Aleksandra Krunic.

Como reação à invasão militar russa à Ucrânia, os organizadores do Grand Slam sobre grama decidiram em abril excluir de sua edição de 2022 todos os tenistas de Rússia e Belarus.

Citado pelo Times, um porta-voz do All England Club, que organiza Wimbledon, ressaltou que a direção do torneio não podia emitir uma reação imediata sobre a notícia da mudança de nacionalidade de Dzalamidze.

"A nacionalidade de um jogador, definida pela bandeira sob a qual participa dos eventos profissionais, é um processo reconhecido que é gerido pelos circuitos [a ATP no tênis masculino e a WTA no feminino] e pela Federação Internacional de Tênis", lembrou.

O torneio de Wimbledon começa no dia 27 de junho. Com o veto a russos e bielorrussos, ATP e WTA anunciaram que não distribuirão pontos para seus rankings nesta edição do Grand Slam.

As maiores ausências com este veto serão o líder do circuito masculino, o russo Daniil Medvedev, e a bielorrussa, ex-número 1 do mundo, Victoria Azarenka.

Compartilhe