Vôlei

SUPERLIGA

Confiantes, mineiros estreiam na Superliga Masculina neste fim de semana

Cruzeiro e Minas jogam neste sábado, fora; América encara pedreira

postado em 08/11/2019 20:16

(Foto: Agênciai7, Orlando Bento/Minas e Luidgi Carvalho/Divulgação )
Os representantes mineiros dão a largada na Superliga Masculina neste fim de semana. Cruzeiro e Minas jogarão no sábado, ambos fora de casa, contra Ribeirão Preto e Itapetininga, respectivamente, ambos no interior paulista. O América, que firmou parceria com Montes Claros e está de volta à competição, receberá o Sesc-RJ no Ginásio Tancredo Neves, neste domingo.

O Cruzeiro, que conquistou o título estadual diante do Minas - o décimo de forma consecutiva - visita o Ribeirão Preto no Ginásio Cava do Bosque, às 19h30, com transmissão do SporTV 2. O Minas encara o Itapetininga às 19h, no Ginásio Ayrton Senna da Silva. A partida será exibida pela TV Cultura, ao vivo. No domingo, a estreia do América contra o Sesc-RJ, às 20h, também terá transmissão da TV Cultura

Cruzeiro, Minas e América chegam para a Superliga em momentos diferentes, mas com a mesma confiança em boas campanhas. Terceiro colocado na edição anterior, o time celeste busca voltar ao topo e conquistar o título pela sétima vez, mas terá a forte concorrência de Taubaté, atual campeão, Sesi-SP, vice, além de Sesc-RJ e Campinas. A equipe estrelada tem como novidades o líbero Lukinha, o ponteiro canadense Gordon Perrin e o argentino Facundo Conte. Além disso, a aposta está no competente técnico Marcelo Mendez, que segue firme no comando da Raposa. Por outro lado, saíram o central francês Le Roux e o ponteiro norte-americano Taylor Sander.

O treinador sabe que terá fortes adversários na briga pelo título, mas confia em boa participação celeste. Ele se mostrou mais preocupado em acertar o time com as mudanças. “Em todo campeonato que entramos é para vencer. Temos um retrospecto espetacular nos últimos anos na Superliga e mais uma vez vamos entrar para brigar pelo título. É um torneio muito difícil, com muitos times que podem chegar ao primeiro lugar, times que se reforçaram muito. Estamos com um grupo novo, reformulado, com todos treinando juntos há pouco tempo e estamos pensando no entrosamento da equipe, em crescer como um time. Mas nosso objetivo é sempre fazer o nosso melhor, o nosso máximo, em qualquer campeonato, e vamos com tudo”, ressaltou. 

MINAS

O Minas, que perdeu o Estadual de 2019 para o rival Cruzeiro, espera chegar entre os primeiros. O time minas-tenista ficou sem uma peça importante, o central Flávio, campeão da Copa do Mundo com a Seleção Brasileira, no Japão, e que se transferiu para o Sesc-RJ. Além do levantador Rodriguinho, o argentino Lucas OCampo é outra novidade. Os destaques da equipe mineira, que almeja ao menos chegar às quartas de final, são o líbero Maique; o ponteiro Honorato e o oposto Felipe Roque.
 
O técnico minas-tenista Nery Tambeiro projetou um time competitivo na Superliga. “O Minas chega completo para a Superliga, o que não tivemos durante a disputa do Mineiro, por exemplo, somente na última semana. Isso torna o nosso grupo mais forte, vai ser uma longa caminhada, mas temos muitos atletas querendo mostrar o seu trabalho e evoluindo, além de atletas estrangeiros fortalecendo a equipe. Ao longo dos jogos, a equipe vai mostrar um trabalho que vai deixar os torcedores do Minas orgulhosos. Estamos todos com muita vontade de fazer o nosso melhor e levar o Minas ao melhor lugar da classificação que pudermos”, afirmou.

AMÉRICA

Com a parceria entre América e Montes Claros, Minas volta a ter três representantes na Superliga. Pelo acordo, os jogos do Coelho serão disputados no Ginásio Tancredo Neves, onde o Pequi Atômico fez sucesso em edições anteriores - foi vice-campeão em 2009. O alviverde terminou o Mineiro em terceiro lugar e mostrou em algumas partidas que pode complicar para equipes mais fortes. O objetivo é fazer boa campanha para se firmar na elite e também buscar classificação para os playoffs.

“Estamos muito focados nos treinamentos antes da estreia na Superliga. O time está evoluindo, apresentou essa evolução na última partida do Mineiro e vamos nos esforçar ao máximo por esse novo desafio. Sabemos que nosso adversário é forte, com grandes jogadores, mas buscaremos exercer nossos pontos fortes, entrar muito bem na partida, surpreender e realizar um grande trabalho que eu sei que somos capazes para buscar a vitória”, analisou o técnico Henrique Furtado sobre a estreia em casa diante do Sesc-RJ.
 
REGULAMENTO

A Superliga reunirá 12 participantes, que se enfrentam em turno e returno. Os oito primeiros se classificarão para as quartas de final, com melhor de três jogos em cruzamento olimpico (1º x 8º, 2º x 7º e assim por diante) para apontar os semifinalistas, no mesmo sistema - com dois mandos de quadra para as equipes de melhor campanha. A novidade em relação à edição anterior é a volta da final em três partidas, em vez da série de cinco da temporada passada.

Tags: minas americamg cruzeiroec superliga masculina