Vôlei

COPA BRASIL DE VÔLEI

Clássico mineiro agita semifinal da Copa Brasil de Vôlei em Santa Catarina

Praia e Minas se enfrentam nas semifinais, em reedição da última decisão

postado em 31/01/2020 08:02

(Foto: Orlando Bento/Minas e Praia Clube/Divulgação)
O clássico mineiro entre Praia Clube e Minas será a principal atração das semifinais da Copa Brasil de Vôlei, nesta sexta-feira, em Jaraguá do Sul-SC. Os rivais de Minas se enfrentam às 21h30, no jogo de fundo. Antes, Sesc-RJ e Sesi Bauru abrirão a rodada dupla, a partir das 19h30. As partidas terão transmissão do SporTV 2.

O Minas busca o bicampeonato, depois da conquista inédita da temporada passada. Na ocasião, em Gramado-RS, as minas-tenistas levantaram a taça com triunfo diante do Praia, na final, por  3 sets a 1. O MTC levou a melhor também na decisão da Superliga 2018/19, com duas vitórias na série melhor de três.

Na atual temporada, a vantagem é praiana, com triunfos na final do Desafio Rio Minas (3 a 0) e do Mineiro (3 a 2) , pela Supercopa (3 a 0) e na rodada final do primeiro turno da Superliga (3 a 2).  Pelo Mundial de Clubes, na China, as minas-tenistas ganharam a disputa do quinto lugar, por 3 a 2.

O clássico mineiro reunirá duas equipes que brigam pela liderança da atual Superliga. O Praia é o segundo colocado, com 38 pontos, enquanto o Minas aparece em terceiro, com 36. O time de Uberlândia chegou à semifinal da Copa Brasil ao bater o São Paulo por 3 sets a 1, em casa. Em BH, o MTC avançou com triunfo sobre o Fluminense, pelo mesmo placar. 

Além da rivalidade, a campanha das equipes na Superliga projeta duelo equilibrado em Jaraguá do Sul. "Sabemos que será um jogo difícil, mas estamos com uma sequência boa de jogos em que mostramos mais consistência nas partidas. Estudamos muito o time do Minas e vamos confiantes para esse confronto", declarou a líbero Suelen.

No Minas, o técnico Nicola Negro também aposta em uma partida decidida nos detalhes. “Será um jogo muito importante. São dois times que se conhecem bem e, por isso, os últimos encontros terminaram apenas no quinto set. Isso mostra muito equilíbrio entre os dois times. É claro que cada jogo é diferente e vamos tentar jogar o nosso melhor para chegar à final, no sábado. A estratégia é estudar o estilo de jogo deles para tentarmos marcar e fazer o nosso melhor jogo”, comentou o italiano.

O Minas tem um problema para o clássico no interior catarinense. A ponteira Kasiely, com desconforto na região abdominal, foi desfalque na vitória sobre o São Caetano (3 a 0), pela Superliga, e pode ficar fora contra o Praia. Lana, titular na partida anterior, está de sobreaviso. Novo reforço minas-tenista, a ponteira búlgara Dobriana Rabadzhieva não foi inscrita a tempo da Copa Brasil. Mesmo assim, ela viajou com o grupo para Jaraguá do Sul. 

Tags: minas semifinais praia clube copa brasil de vôlei