Vôlei

COVID-19

Vice-presidente da CBV, Radamés Lattari está entubado com COVID-19

Radamés Lattari entregou troféu de campeão para o Minas em 5 de abril, no CDV de Saquarema, onde foi montada a 'bolha' do vôlei

postado em 14/04/2021 17:24 / atualizado em 14/04/2021 20:48

(Foto: CBV)

A Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) revelou nesta quarta-feira que o vice-presidente da entidade, Radamés Lattari, está internado no hospital, entubado, por ter contraído a COVID-19. Lattari já foi treinador da Seleção Brasileira masculina de vôlei na década de 90.
De acordo com a CBV, Radamés está internado no Centro de Terapia Intensiva, "com parâmetros protetores e já sem bloqueador neuromuscular e segue clinicamente estável e com boa perspectiva". Sem revelar maiores detalhes, a entidade disse ainda que o quadro do vice-presidente é estável.

No dia 5 de abril, Radamés foi o responsável por entregar para Carol Gattaz, capitã do Minas, o troféu da Superliga Feminina 2020/2021, depois da vitória sobre o Praia Clube. Na ocasião, o dirigente estava de luvas e máscara.

Antes de ocupar diferentes cargos de dirigente na CBV, Radamés foi treinador, com passagem por algumas das principais equipes do Brasil. Pela seleção feminina, foi auxiliar-técnico e supervisor. E, pelo time masculino, foi treinador entre 1997 a 2000, com quatro títulos conquistados. Sob o seu comando, a seleção venceu a Copa do Mundo de 1997, a Copa América de 1998 e os Sul-Americanos em 1997 e 1999.

A CBV também atualizou o estado de saúde de Renan Dal Zotto, atual treinador da seleção masculina. "Renan está em casa, com poucos sintomas do novo coronavírus e já sendo medicado também para uma pneumonia bacteriana diagnosticada nos últimos dias", informou a entidade.

Tags: volei cbv maisesportes covid-19 Radamés Lattari