Cruzeiro

CRUZEIRO

Torcida do Cruzeiro tira sarro após vitória no clássico e escolhe goleiro do Atlético como alvo: 'Victor de costas'

Terceiro gol celeste virou motivo de piada nas redes sociais

postado em 12/07/2019 00:55 / atualizado em 12/07/2019 01:22


A torcida do Cruzeiro festejou e muito a vitória sobre o Atlético, por 3 a 0, nesta quinta-feira, no Mineirão, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Nas redes sociais, um dos alvos da zoação foi o goleiro Victor. Os cruzeirense, agora, devolveram a brincadeira do "gol de costas", famosa desde 2007 com Fábio como personagem.

A zombaria começou por causa do terceiro gol do Cruzeiro, marcado por Robinho, aos 9' do segundo tempo. A jogada teve início com uma roubada de bola de Marquinhos Gabriel. Ele passou para o camisa 19 da Raposa, que cortou Zé Welison e finalizou. A bola bateu no zagueiro Réver e voltou para Robinho. Naquele momento, Victor pulou e tentou se recuperar para o lance seguinte. Por alguns instantes, o goleiro ficou de costas no lance. Robinho aproveitou a desorganização da defesa e marcou.

A zoeira ganhou força pelo lado dos cruzeirenses porque os atleticanos tiram sarro do goleiro Fábio desde 2007. Na ida da final do Campeonato Mineiro daquele ano, o Galo bateu a Raposa por 4 a 0. O quarto e último gol da goleada alvinegra foi marcado pelo atacante Vanderlei. Ele percebeu que o arqueiro celeste voltava ao gol para buscar uma bola e finalizou sem que o cruzeirense pudesse reagir.





4444444444444




Robinho explica lance

Na saída de campo, Robinho foi questionado sobre o gol. Ele disse que percebeu o gol livre e bateu sem chances para Victor. “Na verdade, quando o Marquinhos (Gabriel) roubou a bola, deu uma profundidade para mim que levou o Fábio Santos para suportar, e eu acabei ‘chapando’. Ela (bola) bateu no Réver e voltou. Só que quando voltou, eu vi que o Victor estava no chão, aí foi só direcionar a bola no gol e comemorar. Eu vi que ele estava no chão e que não ia dar tempo para ele chegar. Feliz por ter acertado um chute, que não é um chute fácil. Mais feliz ainda pela atuação ainda”, disse, ao SporTV.

A volta contra o Atlético será na próxima quarta-feira, às 19h15, no Independência. Com o placar de 3 a 0, o Cruzeiro se classifica à semifinal mesmo se perder o duelo de volta por dois gols de diferença. O Atlético, por sua vez, têm de ganhar por quatro gols para se classificar. Eventual triunfo alvinegro por três tentos de vantagem levará a decisão aos pênaltis.

Tags: cruzeiroec seriea futnacional interiormg