Cruzeiro

CRUZEIRO

Pedro Rocha admite parcela de culpa dos atletas em má fase do Cruzeiro e demonstra confiança em Mano: 'Grande treinador'

Atacante espera que o time afaste o momento ruim na partida contra o Inter

postado em 05/08/2019 17:08 / atualizado em 06/08/2019 08:29

<i>(Foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A. Press)</i>

Em entrevista na Toca II, Pedro Rocha disse que os jogadores têm parcela de culpa na má fase do Cruzeiro, que não venceu nem marcou gol nos últimos sete jogos. Ele admitiu que os atletas não estão rendendo o esperado. Por causa dessa instabilidade do time, Mano Menezes colocou o cargo à disposição. A diretoria, por ora, continuará com o treinador.



O discurso dos jogadores é de confiança no trabalho do técnico. Pedro Rocha fez elogios a Mano e afirmou que a saída dele não 'seria o ideal' para o clube no momento. O atacante disse que a semifinal da Copa do Brasil contra o Internacional, nesta quarta-feira, às 21h30, no Mineirão, motiva o time para a sequência da temporada.

"É um grande treinador, está aqui há bastante tempo, conhece, tem o grupo na mão. Como ele falou, é o pior momento desde que ele está aqui, uma sequência difícil no Campeonato Brasileiro, na zona de rebaixamento, mas a gente tem que frisar que está a quatro jogos do tri da Copa do Brasil. Sem dúvida, isso nos motiva e dá a confiança que ele precisa, que nós precisamos para ser campeão novamente", disse.

"O Mano já está aqui há três anos, conhece o grupo, o clube, e todos que aqui trabalham. A saída
dele não seria o ideal, porque gosto muito dele, é um grande treinador. Ele já passou por muitos
momentos como estes. Então, ele sabe muito bem como lidar com este tipo de situação. A gente está junto com ele e claro que a gente tem parcela de culpa nisso, porque a gente não vem rendendo o que ele espera, o que eles nos passa, e estamos juntos para fazer o melhor para ajudar o Cruzeiro a dar essa volta por cima", acrescentou o atacante.





Mano Menezes vive o momento mais delicado à frente do Cruzeiro
. Depois da derrota no clássico por 2 a 0, o time entrou na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, na 17ª posição, com 10 pontos em 13 jogos. Na Série A, o clube não vence desde o dia 5 de maio: 2 a 1 sobre o Goiás, no Mineirão.

O Cruzeiro pode afastar este momento difícil na partida contra o Internacional, pelo jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil. Os ingressos estão sendo comercializados no Barro Preto e no Mineirão. O bilhete mais barato sai a R$ 40.

Tags: Pedro Rocha mano cruzeiroec copadobrasil