Cruzeiro

CRUZEIRO

Rômulo pede imposição ao Cruzeiro para buscar classificação no Mineiro

Time celeste enfrenta o Patrocinense às 16h de domingo, no Mineirão

postado em 21/04/2021 17:30 / atualizado em 21/04/2021 19:31

(Foto: Igor Sales/Cruzeiro)
Depois de atuar por 90 minutos na derrota para o Pouso Alegre (1 a 0), no Sul de Minas, o volante Rômulo deve seguir como titular do Cruzeiro no jogo contra o Patrocinense, às 16h de domingo, no Mineirão, pela 11ª rodada do Campeonato Mineiro. Com 17 pontos e na terceira colocação, o time celeste precisa vencer para se classificar à semifinal sem depender de outros resultados. Para o meio-campista, os jogadores têm de se impor em busca de uma posição importante na tabela.

“O Cruzeiro sempre está acostumado a jogar para ganhar. Temos a felicidade de fazer parte de um clube dessa grandeza. Esses próximos jogos serão importantes para a reestruturação do clube. Temos um jogo importante domingo agora contra um time muito bom no Campeonato Mineiro”, disse.

“Temos a obrigação de vencer, claro, respeitando as qualidades individuais e coletivas do adversário. Mas jogando em casa, com o peso da camisa, precisamos nos impor para conseguir a classificação e ter uma posição importante na tabela que vá nos ajudar nas semifinais e nas finais. Temos de estar preparados para colher bons frutos na reta final”, complementou.

Caso supere o Patrocinense, o Cruzeiro chegará a 20 pontos e poderá terminar a primeira fase na vice-liderança. Para isso, seria necessário empate ou derrota do América (2º, com 19) contra a URT, no Zama Maciel, em Patos de Minas. Avançar em segundo dará à equipe celeste a vantagem de jogar por dois empates ou vitória e derrota pela mesma diferença de gols na semifinal.

Antes de defender o Cruzeiro contra o Pouso Alegre, Rômulo havia atuado em um jogo inteiro no dia 24 de janeiro de 2020, na derrota do Brescia para o Milan, por 1 a 0, pela 21ª rodada do Campeonato Italiano. Depois, disputou três partidas - uma como titular (substituído aos 27 do segundo tempo) e duas saindo do banco de reservas. Por causa do longo período de “inatividade”, o meio-campista considerou produtiva a oportunidade entre os 11 iniciais.

“Estou feliz por ter atuado por 90 minutos depois de quase oito meses. Há quase um ano não jogava 90 minutos. Fisicamente, acho que respondi bem, dentro das condições do jogo. Uma pena que o gramado não ajudou o nosso estilo de jogo. Era um gramado pesado, com condições bem precárias. Mas, fisicamente, fiquei feliz pelo desempenho e desenvoltura da minha parte física. Agora é continuar trabalhando para melhorar cada vez mais”.

Rômulo se sente tão bem que estaria pronto para suportar mais 90 minutos em um eventual jogo de meio de semana. “Geralmente aqui no Brasil se joga a cada três dias. Hoje, estamos completando três dias depois do jogo. E estou me sentindo super bem, poderia até fazer outro jogo. As condições estão boas, a gente só tem que melhorá-las”.

A experiência de nove anos no futebol italiano (Fiorentina, Verona, Juventus, Lazio, Genoa e Brescia) fez de Rômulo um atleta com boa leitura de jogo e bastante disciplinado na parte tática. No retorno ao Cruzeiro, onde foi lateral-direito de 2010 a 2011, o camisa 27 se destacou pela qualidade em passes, lançamentos e antecipações.

Na vitória por 2 a 0 sobre o Coimbra, no Independência, pela oitava rodada do Mineiro, Rômulo deu assistência para Felipe Augusto marcar o segundo gol. Também teve boa participação no triunfo por 1 a 0 em cima do América de Natal, pela 2ª fase da Copa do Brasil - quase marcou um gol ao chutar no travessão a bola lançada por William Pottker.

Tags: Cruzeiro interiormg futnacional Rômulo