Cruzeiro

CRUZEIRO

Cruzeiro faz campanha e pede respeito no Dia Internacional contra LGBTfobia

Clube celeste se posicionou nas redes sociais

postado em 17/05/2021 09:55

(Foto: Divulgação)

"Do que você tem medo? Por que você não respeita?". Essas foram as perguntas feitas pelo perfil oficial do Cruzeiro nas redes sociais na manhã desta segunda-feira (17), Dia Internacional Contra a LGBTfobia.

"A LGBTQI+fobia provoca medo, insegurança e violência em seres humanos que querem apenas ser quem são. Ninguém é e nem deveria ter um alvo em suas costas", publicou o clube celeste.

O dia 17 de maio marca a data em que a homossexualidade deixou de ser considerada uma patologia pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Em 1948, a orientação sexual homossexual foi incluída na Classificação Internacional de Doenças (CID) como sendo uma patologia. Posteriormente, estudos foram feitos e não comprovaram esta tese.

Foi apenas em 17 de maio de 1990 que a Organização Mundial de Saúde (OMS) retirou o “homossexualismo” da classificação de patologia. Hoje, o grupo LGBTQI busca respeito e dignidade na sociedade.

No ano passado, ao menos 237 pessoas perderam a vida para a violência LGBTfóbica no Brasil.

Tags: cruzeiro respeito lgbt