UAI

2

Ex-Galo, Rafael Miranda explica por que conversas com América não avançaram

Em entrevista ao Superesportes, ex-volante do Atlético relembra sondagens do Coelho e afirma: 'Acho que alguém com poder grande não gostava do meu nome'

04/08/2022 08:00 / atualizado em 03/08/2022 12:28
compartilhe
Ex-Atlético, Rafael Miranda participou do quadro Por Onde Anda?
foto: Superesportes

Ex-Atlético, Rafael Miranda participou do quadro Por Onde Anda?


Conhecido em Minas Gerais por ter defendido o Atlético entre 2005 e 2009, Rafael Miranda quase voltou a Belo Horizonte em três oportunidades, mas para atuar pelo América. A revelação foi feita pelo próprio ex-jogador, em entrevista ao Por Onde Anda?, do Superesportes



Segundo Rafael, o Coelho abriu negociações em 2015, 2016 e 2018. Na primeira delas, ele conversou diretamente com um integrante da diretoria do Coelho, que o procurou para pedir informações sobre a possibilidade de defender a equipe na sequência da temporada. O contato parou por aí.

O ex-volante explica que nunca negou a chance de defender a camisa americana. Em sua visão, o contrato não foi fechado porque alguém do clube não gostava do seu futebol. 

"Em nenhuma vez eu dei não para o América. Todas as vezes eu deixei a porta aberta. Eu acho - é puro achismo - que um dos conselheiros, alguém que tem um poder grande no América, que não gosta do meu nome. E isso é super natural, não é uma crítica. O cara tem escolhas, gosta de futebol de fulano e de ciclano não gosta", afirmou.

Rafael Miranda conta que recebeu ligações de treinadores do América tentando o convencer de ir para o clube, mas mesmo assim as negociações não avançaram.

"Quando o treinador te quer, você só não vai se não acertar financeiramente. É muito difícil o negócio não andar. O treinador está te pedindo, só não anda se alguém fala assim, 'não quero esse cara, pode trazer qualquer outro'", opinou o ex-volante, que ainda revelou a chance de ter se aposentado no Coelho. 

"Por acaso, não aconteceu. Tanto que teve oportunidade em 2017 para 2018 de voltar, provavelmente até encerraria minha carreira aqui, em casa. Mas não andou outra vez. Foi até o Enderson (Moreira, técnico) que me queria", afirmou.

Rafael Miranda se aposentou em 2018, após duas temporadas no Vitória de Guimarães, de Portugal. Revelado nas categorias de base do Atlético, participou de 153 jogos pelo clube. Durante a carreira, ainda defendeu Athletico-PR, Marítimo-POR, Bahia, ABC e Ferroviária.

Compartilhe