Esporte na TV

ESPORTE NA TV

Apresentador da Globo segura o choro ao analisar apelo de Lisca, do América

Treinador do Coelho implorou à CBF para interromper o futebol devido ao aumento do número de casos e de mortes por COVID-19 no Brasil

postado em 05/03/2021 10:23 / atualizado em 05/03/2021 11:06

(Foto: Reprodução)
 
Felipe Andreoli, apresentador do 'Globo Esporte', da Rede Globo, se emocionou com a declaração dada pelo técnico Lisca antes da partida entre Athletic e América, na quarta-feira. O Treinador do Coelho fez um apelo à CBF para que a entidade paralise o futebol em decorrência do aumento do número de casos e mortes por COVID-19 no Brasil. O jornalista segurou suas lágrimas no encerramento do programa dessa quinta-feira. 
 
"Se o Lisca é doido, imagine as pessoas que normalizam essa situação da pandemia. Foram 1.840 mortes ontem (quarta-feira). São números impressionantes, mas vale reforçar que não são só números. São pessoas que deixaram as famílias, amigos, filhos”, declarou Andreoli emocionado. 

“O Globo Esporte procurou a CBF sobre o apelo do Lisca, mas até agora não obtivemos resposta. Então gente, fiquem em casa, usem máscaras e só saiam se necessário. Nós vamos ficar aqui fazendo companhia para vocês nesse momento tão difícil. Boa tarde", completou.

Lisca desabafou ao vivo no canal Premiere FC minutos antes de a bola rolar para Athletic x América, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, em Juiz de Fora, pela segunda rodada do Campeonato Mineiro.
 
 
"O nosso país parou, gente! Não tem lugar nos hospitais, eu estou perdendo amigos, perdendo amigos treinadores. Não é hora mais, é hora de segurar a vida, velho", disse o treinador.

"É inacreditável sair uma tabela da Copa do Brasil hoje (quarta-feira), com jogos dia 10, 17 (de março), 80 clubes que nós vamos levar jogadores com delegação de 30 pessoas para um lado e para o outro do país", continuou o treinador, que cobrou a alta cúpula do futebol brasileiro por atitudes.

"Vai pegar uma delegação do Sul e levar para Manaus, como que vocês vão fazer isso, gente!? Presidente Rogério Caboclo (da CBF), pelo amor de Deus, Juninho Paulista (coordenador), Tite (técnico da Seleção Brasileira), Cléber Xavier (auxiliar-técnico), as autoridades, nós estamos apavorados, pelo amor de Deus", encerrou.

De acordo com o balanço divulgado nessa quinta-feira (4) pelo consórcio de veículos de imprensa, o Brasil registrou 1.786 óbitos por COVID-19 em 24 horas. Mais de 260 mil pessoas morreram em decorrência da doença.

Tags: cbf andreoli americamg interiormg futnacional lisca seriea esporte na tv covid-19