UAI

2

Zé Ricardo diz que América deve 'ser grande' ao disputar o Inconfidência

Volante do Coelho enfatizou desejo do elenco: conquistar o título do Campeonato Mineiro; ainda assim, não desmereceu a disputa do Troféu Inconfidência

20/03/2022 06:00
compartilhe
Zé Ricardo destacou desejo de conquistar o Campeonato Mineiro, mas não desmereceu disputa do Troféu Inconfidência
foto: Mourão Panda/América

Zé Ricardo destacou desejo de conquistar o Campeonato Mineiro, mas não desmereceu disputa do Troféu Inconfidência


O volante Zé Ricardo, do América, acredita que o clube deve 'ser grande' ao disputar o Troféu Inconfidência, após eliminação precoce no Campeonato Mineiro. Neste sábado (19), o Coelho bateu o Tombense por 1 a 0 no Estádio Independência, em Belo Horizonte, e encerrou o Estadual na 5ª colocação, com 17 pontos.
 
 


Zé Ricardo enfatizou que não era desejo do elenco americano disputar o Inconfidência. A prioridade era clara: ser campeão mineiro. No entanto, o Coelho priorizou a Copa Libertadores e acabou deixando pontos importantes pelo caminho no Estadual.

"Isso vai ficar muito da decisão do professor Marquinhos. Acho que o América é um clube grande. A gente não queria estar disputando essa competição. A gente queria ser campeão mineiro: esse era o nosso objetivo. Mas, infelizmente, as coisas não aconteceram no Mineiro. Na Libertadores, foi aquela coisa histórica e tudo. É ver o que vai ser trabalhado. É um ano de muitas competições e eu acho que a gente tem que ser grande também nas coisas. A gente não se preparou para jogar o Inconfidência, mas a gente tem que ser grande nesses momentos também. Representar bem a camisa do América, porque a gente tem que representar bem essa camisa sempre", destacou.
 

Fotos de América x Tombense pelo Campeonato Mineiro

 

Revelado pelas categorias de base do América em 2016, Zé Ricardo já tem 190 jogos pelo profissional, com dois gols e cinco assistências. Ainda em entrevista após a vitória sobre o Tombense, o volante revelou que sua escalação no jogo deste sábado foi um pedido do técnico Marquinhos Santos. Nas semifinais do Inconfidência, ele deve voltar a ser titular pelo Coelho.
 
 

Compartilhe