UAI

2

Pressionado, América visita o Avaí em novo início de jornada na Série A

Pressionado pela torcida por conta do desempenho recente, o América visita o Avaí em estreia na Série A do Campeonato Brasileiro; jogo ocorrerá em Florianópolis

10/04/2022 06:00
compartilhe
Juninho, capitão do América, durante treino no CT Lanna Drumond, em Belo Horizonte
foto: Mourão Panda/América

Juninho, capitão do América, durante treino no CT Lanna Drumond, em Belo Horizonte


Pressionado pela torcida pelo desempenho recente, o América iniciará mais uma jornada na Série A do Campeonato Brasileiro diante do Avaí, às 19h deste domingo (10). A partida, válida pela 1ª rodada do Brasileirão, será disputada no Estádio da Ressacada, em Florianópolis.
 
 

Apesar de ter protagonizado classificações históricas na fase preliminar da Copa Libertadores da América, o Coelho não tem convencido seus torcedores. A equipe marcou gols em apenas um dos cinco jogos pelo torneio continental, tendo sido derrotada na estreia pela fase de grupos - diante do Independiente del Valle, do Equador, por 2 a 0.

Se a pressão sobre o técnico Marquinhos Santos nas redes sociais já era notável quando o América foi eliminado precocemente do Campeonato Mineiro e também do Troféu Inconfidência, a revolta se fez ouvir dentro de campo na derrota para o del Valle. Após o revés no Estádio Independência, em Belo Horizonte, a torcida protestou: "Queremos treinador!".

Diante do Avaí, o América precisa apresentar um bom futebol para resgatar parte da confiança e, principalmente, iniciar bem o Campeonato Brasileiro - que segue como prioridade do clube. No ano passado, o Coelho surpreendeu em nível nacional ao terminar a competição na oitava posição, conquistando vaga inédita na Libertadores, quando o objetivo inicial era apenas escapar do rebaixamento.
 

Torcida do América protesta e pede saída de Marquinhos Santos

 

Momento do rival


O Avaí, primeiro adversário do América na Série A do Campeonato Brasileiro, vive um péssimo início de temporada. Os comandados de Eduardo Barroca caíram cedo na Copa do Brasil e também no Campeonato Catarinense, registrando aproveitamento de apenas 31,2% no ano.

Desde o início da temporada, o Avaí realizou 16 jogos. Nesse período, foram somente três vitórias, com seis empates e sete derrotas. O Leão da Ilha marcou 12 gols e sofreu 16 nesses confrontos.

Os resultados negativos refletiram na queda do técnico Claudinei Oliveira já no começo do ano. Eduardo Barroca foi contratado para a vaga, mas, desde então, o trabalho surtiu pouco efeito: o Avaí foi eliminado precocemente da Copa do Brasil, ainda na segunda fase, e caiu nas quartas de final do Campeonato Catarinense.
 
 

A eliminação na Copa do Brasil, no último dia 10 de março, foi vexatória. No Estádio da Ressacada, em Florianópolis, o Leão da Ilha viu, aos 45 minutos do segundo tempo, o gol marcado por Gabriel selar a vitória por 2 a 1 e a classificação do Ceilândia, do Distrito Federal.

Na semana seguinte, mais uma queda. Diante do Brusque, um dos rivais do estado - que disputa a Série B do Campeonato Brasileiro -, o Avaí foi eliminado nas quartas do Estadual após dois empates (1 a 1 em casa e 0 a 0 fora). O resultado deixou o Leão da Ilha sem um calendário oficial até a estreia na elite do futebol nacional.

O Avaí teve praticamente uma nova pré-temporada para o início do Brasileirão. Desde 19 de março sem atuar, a equipe catarinense terá, ao todo, três semanas de preparação para o duelo contra o América.

Quem joga?


Em entrevista recente, o técnico Marquinhos Santos destacou que o América utilizará força máxima em todas as competições que disputar. Sendo assim, ainda que tenha o clássico contra o Atlético pela Libertadores à frente no meio da semana, é difícil imaginar que o treinador optará por uma formação alternativa contra o Avaí.

As principais mudanças podem acontecer na defesa e no meio-campo. Éder, que cumpriu suspensão na estreia na fase de grupos da Libertadores, pode ser acionado na vaga de Iago Maidana na zaga. Por sua vez, o meio-campista Alê, em baixa, pode dar lugar ao colombiano Índio Ramírez - numa tentativa de conferir mais criatividade ao pouco produtivo time do Coelho.

 

 


Em transição física, o goleiro Matheus Cavichioli, o lateral-direito Eduardo e o atacante Carlos Alberto seguem como baixas do América. Wellington Paulista e Berrío, em recuperação de lesões, também seguem fora. Por sua vez, o recém-contratado Aloísio "Boi Bandido" precisará de mais tempo para se readequar ao ritmo de treinos no futebol brasileiro.

FICHA TÉCNICA


Avaí


Douglas; Kevin, Arthur Chaves, Bressan e Bruno Cortez; Raniele, Bruno Silva e Muriqui; Morato, Copete e Guilherme Bissoli.
Técnico: Eduardo Barroca

América


Jailson; Patric, Éder (Iago Maidana), Germán Conti e Marlon; Lucas Kal, Juninho e Índio Ramírez (Alê); Pedrinho, Everaldo e Paulinho Boia.
Técnico: Marquinhos Santos

Motivo: 1ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro
Data e horário: domingo, 10 de abril de 2022, às 19h
Local: Estádio da Ressacada, em Florianópolis

Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Daniel Luis Marques e Gustavo Rodrigues de Oliveira (SP)
VAR: Vinicius Furlan (SP)
Transmissão: Premiere e tempo real do Superesportes

Compartilhe